Morre aos 81 anos em Rondonópolis, o empresário Amir Donato
Supermoveis

Fullbanner2


Morre aos 81 anos em Rondonópolis, o empresário Amir Donato

Amir Donato já havia sido candidato a vice prefeito, além de papel de destaque no Rotary Clube local

Fonte:
SHARE
Amir lutava contra um câncer, há dois anos. Foto - Arquivo A Tribuna

Faleceu neste sábado (16) o empresário e figura ativa dentro da história sociedade civil organizada de Rondonópolis, Amir Elias Donato, aos 81 anos, recém completados, em 21 de dezembro. Há dois anos lutando contra o câncer, Amir deixa um legado admirável como fundador da APAE do Município, além do Rotary Clube Leste.

No ramo dos negócios, foi um dos pioneiros em retífica de motores, quando criou a Motorforte, mas também se enveredou em outras áreas, como o ramo da hotelaria. Também bastante ligado ao meio político, nos anos 80, foi candidato a vice prefeito, em 1982, pelo PSD, na chapa encabeçada por João Moraes, que tinha como slogan ‘sangue novo, a serviço do povo’.

O projeto político acabou tendo expressivos, na época, 3.616 votos, que se somaram a coligação inteira, que ainda tinha mais dois candidatos a prefeito, em uma formatação diferente da atual. Do “mesmo lado” concorreram João Moraes, Candinho e Moisés Feltrin, que juntos somaram 14.737 votos, sendo Feltrin aquele que obteve mais votos entre os três e seria o prefeito em caso de vitória. Do outro lado, porém, uma coligação que tinha dois candidatos a prefeito, Carlos Bezerra e Antônio Estolano de Souza, alcançou 15.034 votos, onde Bezerra, dono da preferência de 13.430 eleitores acabou assumindo a prefeitura.

Amir era nascido em Guaranésia, no estado de Minas Gerais, mas havia se mudado para Rondonópolis em 1971, de onde nunca mais saiu.

Da Redação com Informações A Tribuna 

Montreal