Moradores da Coophalis se reúnem para reivindicar controle dos bares do bairro
Adventista



Moradores da Coophalis se reúnem para reivindicar controle dos bares do bairro

Fonte: Da redação
SHARE

Com cada vez mais frequentadores nos bares do bairro Coophalis – e com isso trazendo algumas perturbações aos vizinhos – os moradores se reuniram nessa noite de terça (03) com objetivo de encontrar soluções para os problemas causados pelos clientes atraídos por esses comércios.

As reclamações colhidas durante a conferência foram diversas, tais como o barulho causado pelos sons automotivos, sujeira deixada nas calçadas e até mesmo a obstrução das passagens de carros e pedestres. Casos mais graves também foram apontados, como garrafas sendo arremessadas, urina, fezes encontradas em paredes e nas calçadas dos moradores e até flagrante de sexo próximo ao entorno das casas e praças.

Dentre os assuntos que mais sensibilizaram, foi o relato dos idosos que tem tido muitos problemas com tamanha movimentação e desordem na porta de casa.

A iniciativa partiu da moradora Kely Jordânia, que montou um grupo de WhatsApp e convidou a todos para debaterem essa problemática da comunidade. No grupo, os participantes compartilharam entre si fotos e vídeos demonstrando o desrespeito aos espaços públicos, nas praças e até mesmo com presença de crianças no local em situações e horários impróprios.

Foram convidadas representações que se fizeram presentes para participar: Silvano Barros, presidente da Associação da Coophalis;  Aparecido Soares de Lima, o Cidão, do Controle Urbano da Cidade;  Robério Libânio do Conselho de Segurança; e o Major Salustiano da Polícia Ambiental.

Ao fim da reunião, foi concluído que existe a necessidade de inserir mais entes do poder público e da polícia para coibir a prática abusiva da clientela e conseguir maior controle e restrição no alvará de funcionamento dos comércios. Um abaixo-assinado também foi tido como alternativa a ser interposta pela comunidade.