Após pedido de Sachetti, ministro da Saúde deve habilitar oito novas UTIs...
Supermoveis


Macropel

Após pedido de Sachetti, ministro da Saúde deve habilitar oito novas UTIs na Santa Casa de Rondonópolis

Fonte: Thiago Mattar
SHARE
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, pode habilitar oito novas UTIs na Santa Casa. Foto: Arquivo/Agência Brasil.

De acordo com informações da assessoria do deputado federal Adilton Sachetti (PSB), está nas mãos do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), a decisão sobre a habilitação de oito novas unidades de tratamento intensivo (UTI) na Santa Casa de Rondonópolis. O deputado está acompanhando o pedido junto ao Ministério da Saúde e garante que a decisão depende somente da disponibilidade orçamentária do governo federal.

O valor total para habilitação das UTIs é de R$ 1.118.289,92. Mensalmente, o governo estadual teria um custo de R$ 1.300 para manter as unidades funcionando. O documento que autoriza a criação dos novos leitos está nas mãos do ministro e, após assinatura, será publicado no Diário Oficial da União.

A habilitação de novos leitos é uma demanda da Santa Casa, que atualmente passa por dificuldades. Nesta quarta-feira (8), o hospital anunciou o fechamento da UTI pediátrica por falta de verbas para pagar funcionários. Segundo a administração, desde julho deste ano não há repasses estaduais e a dívida ultrapassa R$ 5 milhões.

Atualização (08/11/2017, `as 20h13):

Em vídeo, o senador José Medeiros (Podemos) agradece os esforços do deputado federal Adilton Sachetti (PSB) junto ao Ministério da Saúde para conseguir a habilitação das novas UTIs por meio de credenciamento no Sistema Único de Saúde (SUS).

No vídeo, o senador também afirmou que já enviou R$ 4 milhões para a investimentos na Saúde de Rondonópolis e que a bancada de Mato Grosso vai destinar R$ 126 milhões para sanar dívidas do estado com os hospitais filantrópicos. Veja a íntegra do vídeo abaixo:

 

Montreal