Médica é detida com sinais de embriaguez após atropelar e matar vendedor...
Supermoveis



Médica é detida com sinais de embriaguez após atropelar e matar vendedor ambulante, diz polícia

Fonte: G1
SHARE
Francisco Lúcio Maia empurrava carrinho quando foi atingido pelo automóvel da médica (Foto: Divulgação)

Uma médica dermatologista foi detida na noite desse sábado (14) suspeita de ter atropelado e matado um pedestre, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. De acordo com as polícias Militar e Civil, Letícia Bortolini, de 37 anos, estava com o marido em um carro, modelo SUV, quando atropelou Francisco Lúcio Maia, de 48 anos.

G1 não conseguiu localizar o advogado da médica. A Polícia Civil não divulgou se ela confessou ou negou o atropelamento.

Francisco empurrava um carrinho de verdura para o canteiro da avenida quando foi atingido pelo automóvel. Letícia e o marido não prestaram socorro e fugiram do local. Ela foi detida momentos depois em um condomínio.

Segundo a polícia, o acidente ocorreu na frente de um banco, no Bairro Cidade Verde. Letícia era a motorista do veículo, um Jeep Compass.

Ainda conforme a polícia, eles fugiram do local ao atropelarem Francisco, que terminava de atravessar a avenida e tentava subir com o carrinho no canteiro. Uma testemunha viu a cena e seguiu o carro da médica, que entrou em um condomínio no Bairro Jardim Itália, em Cuiabá.

A Polícia Civil informou que apenas Letícia foi localizada. O carro também foi apreendido. Ela foi autuada por omissão de socorro, homicídio culposo na direção de veículo e por conduzir o veículo sob efeito de álcool.

A médica é proprietária de uma clínica particular, no Bairro Bosque da Saúde, e atua como dermatologista.

Sem direito à fiança, Letícia será encaminhada para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.

Foto mostra carrinho de verduras que vítima empurrava quando foi atropelada na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá (Foto: Divulgação)