Medeiros relata para Raquel Dodge situação da BR-163 e pede providências
Fullbanner1


Adventista

Medeiros relata para Raquel Dodge situação da BR-163 e pede providências

Fonte: Assessoria
SHARE
"O fato de existir uma operação policial não justifica que qualquer órgão do governo suspenda benefícios para o estado de Mato Grosso", afirmou o senador. Foto: Arquivo/Assessoria.

O senador José Medeiros (Pode-MT) se reuniu, nesta segunda-feira (16.10), com a procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, para tratar da duplicação da BR-163, no estado de Mato Grosso. As obras, segundo relato do senador, haviam sido paralisadas pela crise econômica e pela interrupção da liberação dos recursos pelo Banco de Desenvolvimento (BNDES), após as denúncias da operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Para Medeiros, que destacou no Plenário do Senado o encontro com a nova procuradora-geral, este argumento não é mais aceito pelos que os mato-grossenses. “Eles não querem saber quem pintou a zebra, eles querem o resto da tinta. Portanto, o fato de existir uma operação policial não justifica que qualquer órgão do governo suspenda benefícios para o estado de Mato Grosso”, afirmou.

Mato Grosso, lembrou o senador, tem contribuído para o equilíbrio da balança comercial brasileira. “Vale ressaltar que, nessa crise, o que segurou a economia brasileira foi o agronegócio, foi a exportação de commodities que segurou o Brasil nessa crise. Pois bem, Mato Grosso é um dos principais players, onde 27% da safra nacional é colhida no estado. Portanto, é um estado que contribui muito para o País”, enfatizou.

O senador afirmou ainda para Raquel Dodge que pela rodovia passam, diariamente, 40 mil veículos, especialmente os de grande porte. Ele acredita que a duplicação ajudará a diminuir as mortes por acidentes, que chegam a 280 pessoas por ano. “É um sonho antigo dos mato-grossenses a duplicação daquele corredor, porque, em dias de pico, chegam a transitar por ali 40 mil veículos e, notadamente, a maioria deles veículos de grande porte: carretas, bitrens”, destacou.

Raquel Dodge disse ao senador que fará um levantamento com os procuradores que tratam especificamente desse assunto para tomar melhor conhecimento da matéria. Ela garantiu ao senador que não é papel do Ministério Público barrar qualquer tipo de desenvolvimento e, sim, trabalhar em favor do progresso. Disse ainda que convidará o senador para uma reunião com os procuradores para buscar as melhores soluções para a duplicação da BR-163.

Escutas Ilegais
Medeiros, durante o encontro com Raquel Dodge, manifestou preocupação com as supostas escutas ilegais na PGR, reveladas pela revista Isto É, envolvendo o ex-PGR Rodrigo Janot. “Que as supostas ações criminosas sejam apuradas com total isenção, esclarecendo a participação do então procurador-geral nos fatos. Esse é o único meio para resgatar a confiança da sociedade na instituição Ministério Público Federal”, disse o senador.

Montreal