Medeiros pede a ministros Imbassahy e Quintella prioridade nos recursos para conclusão...
Fullbanner1


Macropel

Medeiros pede a ministros Imbassahy e Quintella prioridade nos recursos para conclusão da BR-163

Fonte: assessoria
SHARE
Foto: Internet

Nesta quarta-feira (29.11), o senador José Medeiros (Pode-MT) em conversa com os ministros Antonio Imbassahy, da Secretaria Geral da Presidência da República, e Maurício Quintella, dos Transportes, pediu que fossem priorizados os recursos para a retomada das obras de duplicação da BR-163, com enfoque no trevão de Rondonópolis.

“Pensamos em logística, escoamento da produção de grãos, sem jamais esquecer a questão humanitária, já que vidas estão sendo ceifadas naquelas estradas perigosas. Ainda tem muito que ser feito. Resta duplicar o trecho de Posto Gil, em Diamantino, até Sinop. Além disso, um pedaço de 108 quilômetros entre Cuiabá e Rosário Oeste”, destacou.

José Medeiros lembrou que o projeto de duplicação da BR-163 em Mato Grosso começou em 2014, quando a rodovia entrou no lote de concessões do Governo Federal, através da Rota do Oeste.

“Dos 800 quilômetros ligando Sinop à divisa de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul, a concessionária é responsável por duplicar pouco mais de 400 quilômetros. O contrato previa investimento global de R$ 6,8 bilhões. Nesse período, ela entregou um trecho de 117,6 quilômetros duplicados, da divisa sul-mato-grossense a Rondonópolis”, explicou.

O senador disse ainda que a Medida Provisória 800 de 2017, que estabelece as diretrizes para a reprogramação de investimentos em concessões rodoviárias federais poderá beneficiar, tramitando no Congresso Nacional, as concessionárias que venceram leilões entre 2013 e 2015, como é o caso envolvendo a BR-163, em Mato Grosso.

“Estamos numa força-tarefa para que sejam agilizados os entendimentos com o BNDES, afim de que sejam retomados os investimentos, paralisados em função da ausência dos financiamentos de longo prazo previstos no processo de concessão”, afirmou.

Montreal