Medeiros destaca potencial produtivo de MT no Parlamento Europeu
Adventista

Fullbanner1


Medeiros destaca potencial produtivo de MT no Parlamento Europeu

Fonte: Assessoria.
SHARE
A agenda de trabalho segue até sexta-feira (23) com reuniões para se discutir a produção sustentável e a relação comercial de Mato Grosso e do Brasil com a os países da União Europeia. Foto: Assessoria.

A importância do agronegócio sustentável para o desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso e do Brasil foi apresentada pelo senador José Medeiros (Pode) durante uma reunião, nesta terça-feira (20), no Parlamento Europeu. A mesa redonda, realizada em Bruxelas, na Bélgica, contou com a participação de diretores da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e autoridades da Dinamarca, França, Alemanha, Holanda, Noruega e Reino Unido.

Em sua intervenção, Medeiros elencou os resultados positivos do agronegócio que mesmo diante da grave crise econômica enfrentada pelo Brasil preservou a trajetória de crescimento. Ele também destacou a sustentabilidade da produção agrícola nacional e a importância da relação comercial com os países membros da União Europeia.

“O Brasil está entre maiores produtores mundiais de açúcar, suco de laranja, café, soja, milho, carne bovina e suína. Contudo, há outro aspecto que nem sempre é destacado, que diz respeito à capacidade do agronegócio de sustentar uma significativa escalada de produção sem que haja uma correspondente degradação de áreas preservadas ou de vegetações nativas”, frisou o senador, que participa da agenda internacional a convite da Aprosoja representando o Congresso Nacional.

Diante dos números da produção nacional, o senador ressaltou o potencial econômico de Mato Grosso e o relevante papel que o estado tem na evolução do agronegócio brasileiro, constituindo-se no maior produtor nacional de carne bovina, de soja, de milho, de algodão e de óleo de girassol. “A produção agrícola e de fibras de Mato Grosso saltou de 13 milhões de toneladas, na safra de 2000/2001, para 66 milhões de toneladas, na safra de 2016/2017. As exportações avançaram de cerca de 1 bilhão de dólares, em 2007, para mais de 14 bilhões de dólares, em 2017. Portanto, verifica-se que é absolutamente incontestável a contribuição do agronegócio e, em especial, do Estado de Mato Grosso, para a economia nacional”, frisou o parlamentar.  Ele acrescentou ainda, que em Mato Grosso as unidades de conservação e as áreas preservadas pelos produtores representam um total aproximado de 62,1% do território estadual”.

Nesta segunda-feira (19), o senador mato-grossense participou de um workshop sobre a produção sustentável de soja no Brasil. O evento foi promovido pela Aprosoja em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove), a Federação Europeia dos Fabricantes de Rações (Fefac), a Federação Europeia de Óleo Vegetal e Proteínas (Fediol) e a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH).

A comitiva de Mato Grosso também participou da comemoração dos 10 anos de criação da Iniciativa para o Comércio Sustentável. Durante o evento, o governador eleito Mauro Mendes foi uma das autoridades, que por meio de um vídeo, reforçou a importância da parceria com o IDH. Em sua mensagem, Mauro destacou o potencial de produção de alimentos de Mato Grosso.

A agenda de trabalho segue até sexta-feira (23) com reuniões para se discutir a produção sustentável e a relação comercial de Mato Grosso e do Brasil com a os países da União Europeia.