Medeiros destaca necessidade de investimento em infraestrutura em MT
Adventista

Fullbanner1


Medeiros destaca necessidade de investimento em infraestrutura em MT

Fonte: assessoria
SHARE
Foto: Assessoria

Brasília – O senador José Medeiros (Pode-MT) destacou, durante discurso ocorrido nesta quinta-feira (26.10), a necessidade de investimento em infraestrutura no estado de Mato Grosso. Ele relatou ainda visita que fez ao município de Colniza, onde discutiu com autoridades locais a construção da BR-242 e de trecho da BR-158, que atravessa reservas indígenas. “Colniza é uma cidade que tem vários brasileiros dos mais diversos estados que foram colonizadores e, desde que chegaram ali na década de 70, foram desbravando estradas à base da foice, abrindo caminhos, e até hoje o asfalto não chegou por lá”, destacou o senador.

Medeiros, ao elogiar a iniciativa da Frente Parlamentar dos Vereadores da região, disse que a política, em vez de ser motivo de intrigas, deveria trazer solução para os problemas e apontar rumos para o país. O senador afirmou que o maior anseio da população mato-grossense é a construção de estradas para o escoamento da produção, para transporte de doentes para hospitais e para promover o desenvolvimento do estado. “Eles não querem saber de ‘Fora, Temer’ ou ‘Fica, Temer’, ou se saiu Dilma; eles não querem saber dessas arengas, eles querem desenvolvimento”, afirmou.

Ainda no tema da infraestrutura e logística, Medeiros cobrou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a conclusão das obras de trecho da BR-163, que fica no estado do Pará. “De repente, vocês podem pensar: ‘Por que o Senador Medeiros está pedindo estrada lá no Pará?’ É que o escoamento da produção de Mato Grosso passa pela BR-163, no Pará, e há um pedaço que não foi asfaltado e que tem, todos os anos, atoleiro no final do ano. E o escoamento da safra fica comprometido. Nós precisamos de infraestrutura”, cobrou Medeiros.

 

Maus-Tratos – Ainda durante o discurso, Medeiros relatou diligência da CPI dos Maus-Tratos, da qual é o relator, ocorrida no início da semana em São Paulo. “Estive na cidade de São Paulo, juntamente com o senador Magno Malta, onde tivemos uma audiência da CPI dos Maus-Tratos, que engloba abusos de toda sorte, abandono de crianças e pedofilia. E ouvimos várias mães, ouvimos vários casos, vídeos estarrecedores de abuso de crianças, e também ouvimos aquelas pessoas. Ou melhor, não as ouvimos porque alegaram o direito de ficarem caladas, o que a Constituição garante”, relatou.

Segundo Medeiros, ele e Malta ouviriam também a mãe que levou as filhas para tocar um artista que fazia uma performance totalmente nu em um museu em São Paulo. “Foi importante a oitiva – não dela, que se quedou em silêncio – de outros profissionais que mostraram que nós precisamos ter alguma regulamentação, até para dar amparo a museus e a casas de exposições sobre esse tema”, disse o senador lembrando ainda que, no Senado Federal, acontece a Semana da Primeira Infância, em que vários agentes políticos e agentes públicos que trabalham na área trazem suas experiências.

Assista ao vídeo na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=rfrUs0YVxtU&feature=youtu.be