MDB oficializa apoio a Mauro e Wellington deve anunciar saída
Fullbanner1



MDB oficializa apoio a Mauro e Wellington deve anunciar saída

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Emanuel Pinheiro, atual prefeito de Cuiabá, e o gestor anterior a ele, Mauro Mendes, caminharão juntos em 2018. Foto - Marcos Vergueiro/CanalMT

O MDB do deputado federal, Carlos Bezerra, e do atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, de fato caminhará com Mauro Mendes, pré-candidato do DEM ao Governo de Mato Grosso, nas eleições de 2018. Após ser um dos principais pilares do projeto de pré-candidatura do senador Wellington Fagundes (PR), que também lançou nome para tentar substituir Pedro Taques (PSDB), os medebistas entenderam que o melhor caminho era juntar-se ao DEM. Pinheiro, inclusive, ainda ao lado de Fagundes, já havia confirmado que seu candidato a senador seria Jayme Campos (DEM). A confirmação da união DEM e MDB foi feita na última segunda-feira (16).

O resultado político do fechamento, conforme já havia cravado o NMT, há cerca de dez dias, deve ser a desistência de Fagundes da corrida eleitoral, aliando-se também a Mendes em um grande arco de aliança. Isto porque, além do MDB, outro que está prestes a desembarcar do grupo do republicano é o PP, que no estado é comandado pelo deputado federal, Ezequiel Fonseca, mas que tem nos seus quadros a relevante figura do atual ministro da Agricultura e Pecuária, Blairo Maggi (PP). Uma das “propostas”, inclusive já ventiladas a Fagundes pelo grupo do DEM, que tenta o atrair, é o espaço para o lançamento do filho do atual senador, Diógenes Fagundes, para o cargo de deputado federal.

Apesar de estar negando publicamente a possibilidade, nos bastidores Wellington tem estudado todas as condições e tem falado com interlocutores de Mauro constantemente.