Mayday: me ajude aí – Dr. Francisco Mello
show

Fullbanner1


Mayday: me ajude aí – Dr. Francisco Mello

Fonte:
SHARE

Vamos fazer um bate bola, com várias abordagens.

1. Já que Bolsonaro não pagará mensalão para muitos deputados e senadores, como fazia Lula e Dilma, sua equipe deve ter habilidades e competências para convencer os congressistas.

Estou preocupado com a metralhadora verbal do Ministro Paulo Guedes. Ao sugerir “uma prensa neles” se referindo aos parlamentares que votarão a Reforma da Previdência ele inflamou a Câmara.

2. O ministro Toffoli mais pareceu um pavão ao receber Bolsonaro. Para roubar a cena, falou como se fosse o chefe do Executivo. Disse que há três prioridades: segurança, reforma previdenciária, e crise fiscal.  Com que autoridade?

Se ele quer combater o déficit público, porque horas após, foi aprovado o aumento dos salários dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, que arrastará outras categorias e gerará quase cinco bilhões de despesas? Quem vai me convencer que não estava combinado com o Presidente do Senado para pautar o referido aumento?

Vai vendo. Eunício vai perder o foro privilegiado e seus processos irão para a primeira instância; ao ser condenado, seus recursos chegarão aos ministros do STF, que, de subsídios aumentados, provavelmente estarão mais motivados para decidirem.

3. Pra fechar em ritmo de Brasília, Temer vai dar um banquete para os Ministros do Superior Tribunal de Justiça. Tudo certo se não fosse errado como diria Dilma. Ao sair da Presidência, os processos do Temer serão julgados pela justiça do Estado de São Paulo, e em grau de recurso aportarão no STJ. O resto é com tua imaginação, prezado (a) leitor (a).

Vão me chamar de boca braba, como se diz no Sul? Paciência. Estou interpretando o que foi desenhado, tchê.

Do alto dos meus grisalhos, só me falta vê um muçulmano aceitar a Cristo e descer às águas.

Um quebra costelas. É hora do mate.

Dr. Francisco Mello dos Santos. Advogado Criminalista. OAB-MT 9550. Especialista em Direito Penal e Processual Penal. drfranciscomello@terra.com.br (669)96892292.