Mato Grosso terá Plano Estadual de Economia Solidária
VendaMais

Mato Grosso terá Plano Estadual de Economia Solidária

SHARE
Imagem Ilustrativa.

Por HENRIQUE PIMENTA

Os secretários de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária, Suelme Fernandes, e de Trabalho e Assistência Social, Valdiney de Arruda, se reuniram na manhã desta quarta-feira (18.03) para discutir a efetivação de um termo cooperação técnica entre as pastas. O objetivo principal é criar um cronograma de ações intersetoriais sobre a economia solidária e criativa, e inclusão produtiva do agricultor familiar.

Foi pautada a convergência entre as duas secretarias em assuntos estratégicos como: estruturação de feiras-livres criativas, instituição do comitê gestor e do conselho estadual de economia solidária, a criação da plataforma de inclusão produtiva dos públicos vulneráveis, agroecologia e produção orgânica como fonte de inclusão social.

“Com a assinatura do termo de cooperação técnica, realizaremos um cronograma de ações em conjunto com a Seaf (Secretaria de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária), para que possamos fazer a intersecção das políticas públicas e atender as demandas sociais do pequeno produtor rural e das classes vulneráveis que necessitam do apoio do poder público”, frisou Valdiney.

Já Suelme, falou sobre a retomada do convênio federal 774178/2012, que dará subsídios para o êxito das ações integradas. “Com este recurso, iremos fomentar e apoiar a ampliação da rede de comercialização voltada para o pequeno produtor, com a realização de Feiras de Economia Solidária estruturadas, sendo uma vitrine de produtos orgânicos e boas experiências do agricultor familiar.”

Desde 2008, a Lei 8.936/2008 prevê que o governo deve implementar uma política de economia solidária, para integrar o desenvolvimento estadual e regional através do fomento das cooperativas, redes e empreendimentos que compõe o setor da economia popular solidária, incentivando sua difusão, sustentabilidade e expansão econômica.

A reunião ocorreu no prédio da Seaf e também participaram da reunião a secretária adjunta de Trabalho e Emprego da Setas, Ivone Rosset, a assistente social Cenira Evangelista e os técnicos agrônomos Leonardo Vivaldini e Eder Ramos, ambos da Secretaria de Agricultura Familiar.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO