Mato Grosso encerra o ano com mais de 400 assassinatos
Fullbanner1

Fullbanner2


Mato Grosso encerra o ano com mais de 400 assassinatos

Mesmo com o índice de mais de uma morte por dia, números de 2015 ainda foram menos que o de 2014 em 18%

Fonte:
SHARE
Imagem Ilustrativa - Foto: Bruno Martins TH

O ano de 2015 para o Mato Grosso terminou com o saldo de pouco mais de 400 assassinatos. Na prática, em números percentuais, uma redução de 18 por cento. O ano anterior encerrou com 500 mortes, sendo que 470 foram execuções.

As áreas com grande concentração demográfica e bairros de periferia continuam a liderar o ranking de ocorrências atendidas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Os dados divulgados pela unidade responsável pelas investigações em Cuiabá e Várzea Grande indicam que a maior parte das vítimas foram homens. Em comum, a grande maioria dos crimes possuí como pano de fundo a vingança e o tráfico de drogas continua a matar.

O ano de 2015 também chamou a atenção para a suspeita de grupos de extermínio. Os crimes registrados entre agosto e dezembro despertaram resultaram na criação de uma força-tarefa para a elucidação de 62 crimes, registrados no ano passado e ainda em 2013 e 2014.
Fonte: OD

Montreal