Mato-grossense disputará internacionais de tênis em seis países
Fullbanner1

Fullbanner2


Mato-grossense disputará internacionais de tênis em seis países

Das quadras de saibro de Cuiabá para o mundo

0
Fonte:
SHARE
Foto: Junior Martins

O tenista Richard Gama, de 13 anos, disputará seis torneios internacionais em seis países no segundo semestre deste ano, no Chile, Uruguai, Argentina, Brasil, Bolívia e Peru. Já está inscrito em quatro deles e aguarda a liberação do calendário de outros dois. Todos organizados pela Cosat – Confederação Sul-Americana de Tênis. E a primeira viagem será para o XXI Torneio Internacional Junior Universidade Católica, que será realizado no dia 10 de setembro, no Chile.

Depois disso, o jovem talento cuiabano parte rumo ao Cosat – Uruguai Bowl, programado para ocorrer de 17 a 24 de setembro, no Uruguai. A terceira parada será no Cosat – Copa El Ceibo, de 25 de setembro até 02 de outubro, na Argentina. Em seguida embarca para o Cosat – Copa Guga Kuerten, de 08 a 16 de outubro, nos clubes Jurerê Sport Center e 12 de Agosto, em Florianópolis, Santa Catarina, no Brasil. E finaliza os compromissos do ano nos Cosats na Bolívia e Peru.

De acordo com o ex-técnico e pai do tenista, Emerson Sousa, não é a primeira vez que o filho compete em torneios Cosat. Inclusive, segundo ele, na edição do Cosat – Copa Guga Kuerten do ano passado, Richard Gama faturou dois troféus de vice-campeão, um em disputa de simples (individual) e outro em dupla. Na simples, perdeu apenas na final para Pedro Boscardin (1º do ranking nacional de tênis – CBT) por dois sets a zero e parciais de 6/3 e 6/4.

“Richard adquiriu muita experiência nos últimos 12 meses. Foi morar em São Paulo para treinar no Instituto do Tênis, disputou internacionais no Chile e Argentina, também competiu na Europa e agora outra série de competições pela América do Sul. Por isso acredito que conquistará bons resultados nos próximos torneios. E, não poderia deixar de citar, muitas dessas oportunidades graças ao patrocínio dado pelo Serviço Social da Indústria, o Sesi-MT”, avalia Emerson Sousa.

Para o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa, Richard Gama está entre os tenistas de Mato Grosso que mais tem se destacado no cenário nacional e ou internacional. Segundo ele, assim como Marvin Spiering e Bryan Kuntz, entre outros. Atletas que levam o nome da cidade e do estado para os quatro cantos do país e até fora dele.

 

Montreal