Martín vê clássico na estreia como positivo: “Para entrar focado de cheio”
Fullbanner1

show


Martín vê clássico na estreia como positivo: “Para entrar focado de cheio”

Fonte: Felipe Schmidt
SHARE

O primeiro jogo oficial do Vasco em 2017 será o clássico
contra o Fluminense, no próximo domingo, pela primeira rodada do Campeonato
Carioca. Depois de disputar um torneio amistoso nos Estados Unidos, o goleiro
Martín Silva aprovou a tabela. Para ele, enfrentar um rival logo de cara será
bom para dar mais motivação ao time. 

– Temos um jogo complicado no início, mas acho que é o
melhor, para entrar focado de cheio no torneio, com essa pressão por resultado.
Foi muito importante a preparação nos EUA, porque a gente já competiu com times
de primeiro nível. Não vamos ser surpreendidos – ponderou o uruguaio. 

Em sua primeira coletiva em 2017, Martín também explicou os
motivos de seu atraso na reapresentação no início do ano. O goleiro teve
dificuldades para comprar passagens aéreas e só retornou ao clube no dia 5 de
janeiro – o elenco começou os trabalhos no dia 2. 

– Já está tudo resolvido. Conversei com a diretoria, ficou
claro que não teve má intenção da minha parte. Sempre estive em contato com a
diretoria, todos os dias tentando chegar o mais cedo possível. É normal nessa
data (fim de ano) ter pouca passagem, foi muito difícil colocar a família toda.

Confira outros tópicos da coletiva de Martín:

Time sem volante de marcação

Acho que (Julio e Evander de titulares) é a maneira de
cobrir o vazio que ficou com a lesão do Marcelo Mattos. Não temos outro volante
de pegada. Marcelo está fazendo uma recuperação incrível no Caprres, mas é algo
que ainda está faltando. Estamos procurando companheiros que façam o melhor
possível. 

O que muda na nova formação?

Sempre muda (algo). Pelas características dos companheiros,
temos uma saída mais limpa, mas tem que ter competência para aprender um pouco
as manias do volante de pegada. Eles já estão acostumando. 

Lições do Torneio da Flórida

O principal foi o conhecimento do trabalho do Cristóvão.
Como sempre, a convivência dará mais tempo para aprender as coisas que ele
quer. Nesses três jogos deu para dar uma cara ao time. Competir neste nível no
início do ano é importante. Deu para testar substituições, jogadores tiveram
chance de jogar. 

 

Busca pelo tri carioca

Confiante sempre. Sabemos que o tricampeonato é uma coisa
histórica para o clube, que é muito importante. É um torneio que tem muita
importância aqui no Rio.