Mano aprova pré-temporada e quer que resultados sejam vistos em campo
Supermoveis



Mano aprova pré-temporada e quer que resultados sejam vistos em campo

Fonte: Marco Antônio Astoni
SHARE

A pré-temporada do Cruzeiro chega ao fim com os objetivos cumpridos. O time venceu os dois jogos-treino e o amistoso que fez, em janeiro, marcando 18 gols e sofrendo apenas dois. Além disso, conseguiu trabalhar variações táticas e chegar a um ponto de condicionamento físico que, se não é o ideal, está perto de ser. O técnico Mano Menezes está feliz com o trabalho realizado, mas espera que os resultados, a partir de domingo, ratifiquem tudo o que foi feito na Toca da Raposa II. O Cruzeiro estreia, no Campeonato Mineiro, às 17h (de Brasília), contra o Villa Nova-MG, no Mineirão.

– Eu acho que a gente preencheu quase tudo que precisava.
Conseguimos fazer bem. As coisas andaram com naturalidade, não tivemos
problemas. Conseguimos dar um ritmo bom. É claro que precisaríamos de um tempo
maior para chegar ao ideal, mas é comum no Brasil aproveitar o primeiro mês
para chegar ao condicionamento ideal. A equipe chega com uma ideia de manutenção,
foi possível ver na preparação. Agora vamos ver a partir de domingo, valendo,
que é quando interessa.

Sobre o preparo físico, Mano afirma que os jogadores vão atingir o ideal com o decorrer dos jogos. A questão tática não incomoda o treinador, que acredita que, como o time é praticamente o mesmo do segundo semestre de 2016, não sentirá dificuldades.

– A gente vai condicionar com as primeiras partidas, ganhar ritmo
de jogo, principalmente, já que a parte técnica necessita de um período um pouquinho
maior. A parte tática, a equipe já sabe o que fazer, no segundo semestre do ano
passado, fizemos um trabalho semelhante. Estamos preparados para fazer bons
jogos e conseguir as primeiras vitórias, que são muito importantes.

Alisson ou Rafinha?

Alisson começa o ano como titular da meia esquerda. Mano explica o porquê.

– Na prática, a gente equilibra melhor a equipe nos dois
lados do campo. Robinho é mais armado que atacante. Precisaria do outro lado de
um jogador com mais profundidade, um velocista q trabalhe a bola em direção ao
gol. Alisson tem essa característica, como o Elber. Rafinha é mais parecido com
o Robinho. Como a opção é começar com dois atacantes mais agudos, optamos por
começar com o Alisson no time.