Mais forte, Hyoran celebra estreia e lamenta “quase gol” no Palmeiras
Fullbanner1



Mais forte, Hyoran celebra estreia e lamenta “quase gol” no Palmeiras

Fonte: Rodrigo Faber e Tossiro Neto
SHARE

Estreante do Palmeiras em jogos oficiais na derrota por 1 a
0 para a Ponte Preta, na última quarta-feira, o meio-campista Hyoran foi
elogiado pelo técnico Eduardo Baptista pela boa atuação em Campinas. Porém,
saiu de campo com um sentimento duplo: perdeu a chance de marcar o gol de
empate para o Verdão nos últimos minutos.

– Rolei umas cinco vezes para cada lado na cama, sonhei
(risos), imaginei como seria. Seria um sonho estrear fazendo um gol. Mas acho
que foi uma boa partida. O resultado não foi o que a gente almejava, mas para
mim foi gratificante estrear bem – comentou, em entrevista coletiva nesta
quinta. 

+ Por Libertadores, Galiotte aprova jogo contra o Novorizontino na sexta-feira+ Guerra retorna em alta ao Palmeiras e pode ser testado em função diferente

– O Aranha foi muito bem e me surpreendeu. Eu já estava
saindo para comemorar. Fiquei feliz com minha atuação, pude ir bem. Entrei numa
situação difícil, nós com um a menos, perdendo. O fato da derrota não ficou
legal, mas consegui fazer da melhor forma o que o Edu (Baptista) me pediu – acrescentou Hyoran.

Fora da primeira lista de inscritos do Palmeiras no
Campeonato Paulista, Hyoran herdou a vaga de Arouca no torneio. No período em
que esteve fora de campo, aproveitou para fazer um trabalho especial de
fortalecimento. Ganhou cinco quilos de massa muscular. Chega como opção para o
mata-mata do estadual no auge da própria forma. 

– Tive de comer bastante, me cuidar bastante. Tenho que
agradecer ao Palmeiras por esse suporte. Muitas pessoas pensaram que quando eu
fiquei fora da lista do Paulista ia ficar abatido. Mas pude fazer o trabalho
que o Palmeiras pensou para mim. Junto com fisiologia, nutrição, fiz um
trabalho de ganho de massa e pude ir bem – afirmou.

O Palmeiras faz o primeiro jogo das quartas de final do
Campeonato Paulista contra o Novorizontino no próximo domingo, às 19h (horário
de Brasília), no Estádio Jorge Ismael de Biasi.