Mais de 20 mil mato-grossenses não fizeram prova de vida nos bancos,...
Supermoveis



Mais de 20 mil mato-grossenses não fizeram prova de vida nos bancos, afirma INSS

Fonte: Dayene Paz
SHARE

Mais de 20 mil mato-grossenses não fizeram a prova de vida nos bancos, de acordo com as informações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O prazo encerra amanhã, dia 28 de fevereiro, e quem não fizer a prova de vida, pode ter o benefício suspenso.

Só em Rondonópolis, 2.243 pessoas ainda não compareceram ao banco. Em Cuiabá, 4.960; Várzea Grande 1.940; Sinop 905; Cáceres 856; Barra dos Garças 671; Tangará da Serra 621; Alta Floresta 594; Sorriso 493; Colíder 431 e Poconé 429 segurados.

O prazo para o comparecimento das pessoas que ainda não fizeram a comprovação de vida em 2017 terminaria em 31 de dezembro de 2017, contudo, devido ao grande número de beneficiários que ainda não realizaram o procedimento, o prazo foi estendido até 28 de fevereiro de 2018. Não é necessário ir à Agência da Previdência Social.

A comprovação é obrigatória para todos que recebem seus pagamentos por conta-corrente, conta poupança ou cartão magnético. O procedimento é feito diretamente no banco em que o beneficiário recebe o dinheiro, mediante apresentação de documento de identificação com foto.