Luiz Ademar critica Flamengo por saída de Jorge: “Vendeu mal”
Supermoveis



Luiz Ademar critica Flamengo por saída de Jorge: “Vendeu mal”

Fonte: SporTV.com
SHARE

Em uma quinta-feira agitada, o Flamengo oficializou a venda de Jorge para o Mônaco, da França, por € 8,5 milhões (R$ 28,9 mi). O valor gerou controvérsias e o comentarista Luiz Ademar acredita que a venda do jovem foi mal feita. Na sua opinião, o lateral-esquerdo tem potencial para jogar pela seleção brasileira e seu valor de venda foi baixo, especialmente em um ano onde o Flamengo disputará a Libertadores.

– O Flamengo errou, ano de Libertadores, ano que dá para você
ficar com o “cheirinho”, ele pode voltar… o moleque tem bola, o moleque
tem potencial para seleção. “Ah, é a maior negociação da história do Flamengo”,
e daí? Nove milhões de euros, gente. “Ah, é lateral”, que tem
potencial para jogar de meia. Eu acho que o Flamengo não deveria, o Flamengo está
num caminho certo, colocando as finanças em dia, está tudo certinho, não tem esse
desespero por dinheiro. Acho que vendeu errado, vendeu mal, ainda mais em
ano de Libertadores. – afirmou.

Também presente no “Seleção SporTV”, o comentarista Vinícius Moura vê com outros olhos a venda do jogador. Para ele, a posição de lateral não se vende como a de atacante ou meia e que dentro do valor de mercado, o valor de venda foi bom para o Flamengo.

– Eu acho que o Flamengo consegue um bom valor. Acho que no “se” ali, no par ou ímpar, o lateral não é uma posição que se vende como um atacante
e meia, o Jorge foi um jogador de seleção, jogou Sul-Americano pela seleção
brasileira, tem um histórico de base, é um jogador que cresceu muito no
Flamengo e olha que quando o Jorge cresceu e chegou no time titular, o Flamengo
tinha o Armero, que foi contratado para ser o titular, veio da Europa, veio da
Udinese, cresceu bem. Acho que dentro do valor de mercado hoje, sai um bom
valor pro Flamengo, que tinha 70% dos direitos econômicos do atleta. – comentou.

Além disso, Vinícius considera que a contratação do peruano Miguel Trauco, no início do ano, é mais um sinal de que o clube estava preparado para a venda.

– Eu
acho que para o Flamengo foi um bom valor e já imaginava, trouxe o
Trauco com a certeza de que poderia perder o Jorge e com a Libertadores se
estendendo o ano inteiro, é melhor perder agora do que perder no meio do ano, você
já trabalha o outro jogador que foi contratado para isso e ele pode estrear em
março já mais adaptado ao time do Zé Ricardo. – concluiu.

O Flamengo faz sua estreia no Campeonato Carioca no próximo sábado (28), contra o Boavista na Arena das Dunas, em Natal.