Lugano vê boa atuação defensiva e Ricardo Rocha frisa: “Passa confiança”
Supermoveis



Lugano vê boa atuação defensiva e Ricardo Rocha frisa: “Passa confiança”

Fonte: SporTV.com
SHARE

O São Paulo vem sendo eficiente no ataque e já marcou 25 gols no Paulista, mais do que qualquer outro clube; por outro lado, a zaga sofreu 20 gols e é uma das mais vazadas do campeonato. No entanto, na vitória desta quarta-feira contra o São Bernardo, os papéis se inverteram: a defesa não sofreu gols e o ataque marcou apenas um. Depois da partida, o zagueiro Diego Lugano destacou a atuação defensiva e afirmou que o importante não é apenas ficar sem sofrer gols, mas também evitar que muitas chances sejam criadas.

– Na estatística, obviamente que é bom não tomar gol, mas o mais importante é a gente receber a menor quantidade possível de situações de gol. Tem jogo que você faz tudo bem e toma um gol e tem jogo que você comete erros e não toma. Hoje o time foi bem, mas nos últimos minutos deixamos o São Bernardo vir muito para cima, com muita bola parada, muito escanteio, que um time com mais experiência, com jogadores de mais físico, poderia ter complicado – comentou o uruguaio.

A partida foi importante para o Tricolor, visto que esta foi a primeira vez em 13 jogos que a defesa da equipe terminou uma partida sem sofrer gols. Além disso, o São Paulo também amargava uma sequência de quatro partidas sem vitória, que durava desde a goleada por 4 a 1 contra o Santo André, na sétima rodada. De lá para cá, foram três empates e uma derrota. Durante o “Troca de Passes”, o comentarista do SporTV Ricardo Rocha afirmou que o jogo sem tomar gols é importante por passar confiança para as próximas atuações.

– O Lugano na entrevista fala “Não tem problema tomar gol” mas tem sim, porque foram 13 jogos tomando gol, é muito para um elenco como o do São Paulo. O jogador de defesa não gosta de tomar gol, o atacante gosta de fazer. Os gols vão acontecer, mas quanto menos gols possível, melhor para a sua defesa, você passa confiança. E eu senti o São Paulo um pouco inseguro atrás, com muitos erros individuais, mas não tomou gol. Então a tendência é que melhore, tenha uma boa defesa – afirmou o ex-zagueiro da seleção brasileira.

A questão defensiva deverá ser primordial no próximo confronto do São Paulo. O adversário do Tricolor nas quartas de final do Paulista é o Linense, equipe tem o pior número de gols sofridos da competição, com 25 no total. A primeira partida entre as equipes será disputada no próximo domingo (2), no estádio Gilbertão, em Lins.

Veja também:> Após cinco jogos sem vencer, São Paulo bate o São Bernardo e garante liderança do grupo