Lixo jogado em vias públicas entope bueiros
Supermoveis



Lixo jogado em vias públicas entope bueiros

Fonte: Assessoria
SHARE
Foto: Assessoria.

E a Coder se desdobra para reverter a situação.

Toneladas e mais toneladas de lixo são retirados dos bueiros todos os meses pela Coder, Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis. Essa quantidade de detritos é jogada pela própria população em vias públicas.

Com a ação do vento e das chuvas, o lixo jogado no chão é carreado para os bueiros.

A população, com raras exceções, tem o péssimo hábito de jogar lixo no chão, nas calçadas, nos canteiros, nas vias públicas, nos jardins e quase nunca nas lixeiras que estão espalhadas nas ruas e avenidas da cidade.

O lixo produzido pela população é composto por sacolas plásticas, garrafas pet, copos descartáveis, papel, embalagens várias, que num verdadeiro papelão é jogado nas vias públicas quando esta trafega de carro, moto e até mesmo a pé. A população quer se livrar do lixo e imagina que, jogando-o em qualquer lugar, isso ocorrerá. Engano, pois esse descarte vai parar nos bueiros e, quando das chuvas, retorna para suas próprias casas, calçadas e ruas de seu bairro. Além do que, provoca o alagamento de bairros inteiros.

Essa realidade é combatida por meio de trabalhos de conscientização como esta matéria e com serviços desenvolvidos pela Coder, empresa responsável pela limpeza dos bueiros.

De acordo com as equipes que fazem a limpeza, o lixo da população entope, primeiramente, as grelhas (tipo um filtro que cobre as bocas de lobo) e o material – geralmente terra –  que consegue passar por esse primeiro obstáculo entope o canal das galerias.

E para dar conta da limpeza, a Coder tem mobilizado suas equipes e os serviços são feitos por região, privilegiando os mais críticos.

O responsável pelo setor de manutenção, Antônio Paulo Souza, o Nil, nos informou que neste mês já fizeram a limpeza das galerias (bueiros) em dezenas de bairros, tais como na Vila Mineira, Fiúca, Rio Branco, avenida Goiânia, avenida Presidente Médici, no bairro Parati, no Novo Horizonte, na Vila Olinda.

Esforço contínuo, porém repetitivo, já que a população insiste em repetir seu ato em desrespeito ao bem público. Cabe à comunidade a responsabilidade por manter a cidade limpa. Faça a sua parte. Jogue o seu lixo na lixeira.