Leucemia volta e Rose Sachetti se submete a tratamento inovador contra doença
Supermoveis



Leucemia volta e Rose Sachetti se submete a tratamento inovador contra doença

Fonte:
SHARE

Lutando há anos contra a Leucemia, Rose Sachetti (60) voltou a ser internada, nesta semana, em virtude da volta dos sinais da doença. Exatamente um ano depois de ser submetida a um transplante de medula óssea, a esposa do deputado federal, Adílton Sachetti, foi diagnosticada com leucemia mieloide aguda e desde a última segunda-feira (27) viajou para São Paulo para iniciar um novo tratamento.

Em contato com a reportagem, Adílton Sachetti explicou que trata-se de um novo método de combate genético a doença. “Rose está preparando-se para fazer um tratamento dirigido especificamente ao gene identificado pelos médicos como sendo o causador da leucemia. Ao redor do mundo e no próprio Brasil, esta técnica tem se mostrado muito eficaz”, resumiu o parlamentar.

Iniciando uma segunda batalha contra a leucemia, Rose foi diagnosticada inicialmente em julho de 2015. Após alguns meses de tratamento, conseguiu um doador em março do ano passado e realizou um procedimento de transplante de medula. Pouco depois, no mesmo ano, Rose apresentou retorno da doença e foi submetida a um novo transplante, desta vez de linfócitos, que são um tipo de célula de defesa do organismo, também conhecidos como glóbulos brancos.

Histórico de Luta

Em 2012, Rose já havia se curado de um câncer de mama. Na época, ela acabou contrariando as expectativas médicas que lhe davam poucas chances de vida. Nos últimos anos, tem sido ativista de causas sociais em combate à doença, como a campanha para doação de medula óssea.

rose-sachettiAo lado da família, sempre com um sorriso no rosto, Rose tem feito questão de usar as redes sociais e a própria imprensa, em todo o período em que esteve enferma, para passar uma mensagem encorajadora ao público mato-grossense.