Leilão de bens do ex-bicheiro João Arcanjo, determinado pela Justiça, inclui aeronave...
Adventista

Fullbanner1


Leilão de bens do ex-bicheiro João Arcanjo, determinado pela Justiça, inclui aeronave de quase R$ 3 milhões

Fonte: Da Redação com G1.
SHARE
Bens de João Arcanjo serão leiloados pela Justiça Federal. — Foto: Edson Rodrigues/ Secom-MT

Bens do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro devem ser leiloados a partir do dia 13 de dezembro, de acordo com o edital publicado, nesta quarta-feira (28), no Diário da Justiça Federal. O leilão inclui uma aeronave no valor de aproximadamente R$ 3 milhões, além de nove carros.

O edital que determina o leilão é assinado pelo juiz Paulo Cézar Alves Sodré, da 7ª vara federal. O processo será realizado pela leiloeira Poliana Mikejevs Calça Lorga, matriculada na Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat).

Entre os bens disponíveis para lances está uma aeronave Citation III, fabricação1989, modelo C650, número de série 650-0171, 2 motores jato turbofan, com capacidade para nove passageiros. O avião é avaliado em R$ 2.957.827,50.

O leilão inclui nove carros: Mercedes Benz Imp/S-500L, 2000, avaliada em R$ 31 mil, Mercedes Benz 310-D Sprinter, 1997, avaliada em R$ 22 mil, Fiat Strada, 2001, avaliada em R$ 9 mil, VW Gol 16V, 1998/1999, avaliado em R$ 4 mil, VW Gol Special, 1999/2000, avaliado em R$ 5 mil, Toyota Hilux SW4, 2001, avaliada em R$ 27 mil e VW Gol Plus, 2001 avaliado em R$ 5 mil.

O leilão será realizado exclusivamente por meio eletrônico, mediante cadastro prévio no site. A primeira etapa ocorre no dia 13 de dezembro e a segunda, no dia 19. Ambas às 15h.

Os lances podem ser feitos por pessoas físicas, com mais de 18 anos, portando cédula de identidade e cartão de inscrição de pessoa física no Ministério da Fazenda ou, pessoas jurídicas portando o cartão de inscrição no cadastro nacional de pessoas jurídicas do Ministério da Fazenda.

Crimes e acusações

João Arcanjo está em liberdade condicional desde fevereiro deste ano. Ele ficou preso por aproximadamente 15 anos.

Arcanjo foi condenado por sete crimes, entre eles, o assassinato do jornalista Sávio Brandão. De acordo com as investigações, o crime foi motivado por publicações que denunciavam o jogo do bicho em Mato Grosso.

 Ele também é acusado de crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro, homídios, organização criminosa, além do crime de contravenção, que é o jogo do bicho.