Karol Garcia e o desafio de “limpar” Emanuel
VendaMais

Karol Garcia e o desafio de “limpar” Emanuel

SHARE
Foto - Arquivo Pessoal

A jornalista Karol Garcia, muito conhecida no estado por seus diversos trabalhos sobretudo na área da política, em especial na cidade de Rondonópolis, tem talvez uma das mais complexas tarefas à sua frente a partir deste fim de 2017. Ela acaba de assumir o comando da Secretaria de Inovação e Comunicação de Cuiabá, onde já era adjunta há alguns meses, ou seja, para passar a ser a responsável por gerir um setor estratégico dentro da administração de Emanuel Pinheiro (PMDB). A verdade é que se a gestão não vai tão mal assim, o mesmo não dá para dizer da imagem do seu responsável e mesmo que a Secretaria não tenha prerrogativas de ser uma assessoria pessoal, há impactos. Não só pelo vídeo supostamente recebendo propina de Silval Barbosa, mas também pela relação atribulada que Emanuel vive com a Câmara de Vereadores, o ambiente é espinhoso. Enquanto um grupo de parlamentares municipais articulava sua CPI, uma suplementação controversa de Emanuel de quase R$ 7 milhões ao legislativo foi entendida, aparentemente pelo próprio Ministério Público Estadual – MPE, como um agrado à Casa de Leis com indícios de querer frear as pretensões dos opositores. No lugar de José Roberto Amador, o “Bebeto”, Karol terá agora de ativar todo seu bom repertório profissional para que seja possível driblar os muitos desgastes que irá se deparar.

Competência possui para isso…

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO