Justiça proíbe coronel Taborelli de portar armas
Supermoveis


Macropel

Justiça proíbe coronel Taborelli de portar armas

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Secom/ALMT

O coronel da Polícia Militar e ex-deputado estadual, Pery Taborelli, terá de usar tornozeleira eletrônica e está proibido de carregar consigo uma arma durante sua pena em regime domiciliar. Quem despachou tais obrigatoriedades foi o juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça de Mato Grosso  – TJMT. No início do ano, o oficial foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto e ficou imposto ao réu comparecimento em uma audiência no fim de setembro. Como o oficial de justiça não encontrou Taborelli, no fim de outubro acabou sendo expedido o mandado de prisão. Taborelli resolveu se apresentar à justiça recentemente e agora está proibido de sair de casa das 20 às 6 horas, podendo retirar-se apenas para trabalhar durante o dia. Caso descumpra, o coronel pode ver sua pena ficar ainda mais rigorosa. Além de não poder portar armas de fogo e até brancas, o ex-membro da Assembleia Legislativa não pode frequentar casas de prostituição, ingerir bebidas alcoolicas e mais algumas restrições. O militar foi acusado pelo Ministério Público Estadual – MPE de ter sido violento com adolescentes durante uma festa em Rosário do Oeste, em julho de 2011.

 

Montreal