“Jogo importante”: jogadores evitam menosprezar partida contra a Chape
Supermoveis



“Jogo importante”: jogadores evitam menosprezar partida contra a Chape

Fonte: Rafael Araújo
SHARE

Mesmo com boas chances de classificação para as quartas de final da Primeira Liga, dependendo apenas de uma vitória sobre a Chapecoense, nesta quarta-feira, em Chapecó, o Atlético-MG buscará a vaga com um time alternativo. A prioridade do técnico Roger Machado é dar descanso aos titulares, que, no meio da próxima semana, vão estrear na Libertadores contra o Godoy Cruz, em Mendoza, na Argentina.

Apesar da utilização do time alternativo, o jogo é encarado como qualquer um outro. Para quem não vem tendo muitas chances na temporada, é hora de mostrar serviço para o treinador. O lateral Carlos César, que ano passado jogou mais de 40 vezes, terá sua primeira oportunidade em 2017 e garante estar preparado.

– Jogo
muito importante e um privilégio para disputar uma decisão. Pensar que o futebol é muito dinâmico, e a gente tem que
aproveitar todas as oportunidades que aparecem. Para aproveitar, a gente tem que
trabalhar forte e pensar nelas. Se pensar que merece estar jogando, a gente
esquece de trabalhar. Ano passado, no começo do ano, eu não estava nem nos
planos e fiz mais de 40 jogos. O foco é trabalhar.

LEIA TAMBÉM>>> Roger Machado esboça time que vai encarar a Chape, e Hyuri não treina>>> Atlético-MG encaminha empréstimo de Hyuri para equipe da elite da China

O atacante Clayton espera voltar de Chapecó com uma vitória, para classificar o time sem depender de outros resultados, ou um empate, que deixa a vaga bem próxima.

– É um jogo importante para quem vem atuando menos tempo. Os
jogadores que não jogaram esse ano também. Vamos aproveitar da melhor maneira
possível e a gente esperar ir lá para conseguir uma vitória ou no mínimo um
empate.

Com três pontos conquistados em dois jogos, o Atlético-MG precisa de uma vitória sobre a Chapecoense para se classificar diretamente para as quartas de final da Primeira Liga. Se empatar, fica dependendo de uma vitória do Cruzeiro ou empate no jogo contra o Joinville, dia 21 de março, para avançar.