Investidores apresentam projeto de mineração para o Governo
Fullbanner1

Fullbanner2


Investidores apresentam projeto de mineração para o Governo

Fonte:
SHARE

Assessoria/Vice-Governadoria-MT

O projeto de beneficiamento de zinco, chumbo e cobre a ser instalado na Serra do Expedito foi apresentado ao governador em exercício Carlos Fávaro nesta quinta-feira (18.06). O projeto deve gerar dois mil empregos na fase de construção e 600 na operação na serra localizada a 25 km de Aripuanã (976 km a Oeste de Cuiabá).

Durante a reunião, Fávaro ressaltou a importância e relevância do governador Pedro Taques para criar um ambiente negocial favorável a investimentos em Mato Grosso. “O governador Pedro Taques tem esse compromisso de resolver as desigualdades entre os municípios mato-grossenses, da transformação e geração de oportunidades aos cidadãos”, disse

Ele afirmou que esse investimento é muito estratégico para o estado e reafirmou o compromisso do Governo com o desenvolvimento dessa região tão importante para Mato Grosso. “Estamos sendo agraciados já nesses primeiros meses de governo com grandes empresas, grandes investimentos. E esse específico na região de Aripuanã é fundamental, região que foi esquecida pelo governo passado”.

O projeto de mineração da Votorantim Metais tem estimativa de vida útil mínima de 15 anos, com capacidade de produção anual de 1,8 milhão de toneladas de minérios. Será o maior projeto de mineração do Mato Grosso e está previsto para entrar em operação em janeiro de 2018. A expectativa é que sejam investidos R$ 700 milhões no projeto .

De acordo com o diretor da empresa, Gilmar Caixeta, o estado possui potencial mineral bastante significativo. “Já falamos com as Secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento, Meio Ambiente e temos tido uma receptividade muito positiva.

Temos algumas preocupações no setor logístico, pois nós usamos a BR-174 que tem um trecho de terra. Isso é um limitador para o projeto, mas nós temos segurança que juntamente com o poder executivo vamos eliminá-la”.

O governador em exercício também pontuou que o governo do estado fará sua parte para que esses investimentos possam ser feitos em Mato Grosso.

Também participaram da reunião o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, responsável por intermediar o encontro, e o secretário adjunto de Indústria e Comércio na secretaria de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Mota.

Montreal