Inquérito de Blairo no STF deve descer ou ir ao arquivo
Supermoveis

show


Inquérito de Blairo no STF deve descer ou ir ao arquivo

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Foto - SERGIO LIMA/AFP/ARQUIVO/JC

Com o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal – STF de que apenas denúncias relacionadas estritamente ao mandato federal que ocupam justifica o chamado “Foro Privilegiado” de senadores e deputados, o inquérito que tramita na alta corte referente a um possível esquema de compra e venda de vagas no Tribunal de Contas do Estado – TCE/MT, envolvendo o atual ministro, Blairo Maggi (PP), deve voltar a 1ª Instância. Há ainda a chance do mesmo ser arquivado, já que o acusado formalizou questão de ordem na alta corte ressaltando que os mesmos indícios já foram investigados em 2016, quando o ex-procurador, Rodrigo Janot, decidiu pelo arquivamento pela falta de crime envolvido. Raquel Dodge, a nova procuradora, “ressuscitou” o caso com a alegação de novos fatos com as delações do ex-governador, Silval Barbosa, e outros delatores. Mas, aparentemente, não há nada de tão novo além do que já se sabia…