Hospital da Unimed vai custar R$ 50 milhões e vai dobrar disponibilidade...
Supermoveis

Fullbanner2


Hospital da Unimed vai custar R$ 50 milhões e vai dobrar disponibilidade de leitos particulares na cidade

Fonte:
SHARE

Por Ailton Lima

Diretoria UnimedA diretoria da Cooperativa de Trabalho Médico, Unimed de Rondonópolis realizou na manhã de hoje (12), no auditório do ‘Hotel Confort’, o lançamento oficial das obras de construção do novo hospital da cooperativa na cidade.

A obra que foi projetada, será construída e gerida pela empresa “L+M – Gestão/ Espaços Tecnologias em Saúde”, tem um custo estimado de R$ 50 milhões, e um prazo de conclusão de um ano e meio.

O hospital será edificado numa área do antigo aeroporto de 26,937 mil m2, localizada nos altos da Rua Fernando Correa da Costa, na entrada da cidade, e terá 8,5 mil m2 de área construída.

Eng.Arquiteto Lauro Miquelin / Foto: Ailton Lima
Eng.Arquiteto Lauro Miquelin / Foto: Ailton Lima

Segundo o engenheiro e arquiteto responsável pela obra, Lauro Miquelin diretor da “L+M”, a obra será desenvolvida num processo construtivo racional com tecnologias que aceleram o processo de construção e reduzem desperdícios.

A obra terá ainda como um dos pontos fortes, o uso racional de recursos do planeta – sem desperdício de entulhos e operações com gestão responsável de energia, água, geração de efluentes e resíduos.

Dr.Cristian Barbosa Queiroz-pres. Unimed Roo / Foto: Ailton Lima
Dr.Cristiano Barbosa Queiroz-pres. Unimed Roo / Foto: Ailton Lima

O novo hospital segundo o diretor presidente Dr. Cristiano Barbosa Queiroz, será dotado de um completo centro cirúrgico, com cinco salas de cirurgias- Grandes, médias e pequenas, e capacidade de realizar 676 cirurgias/mês.

Uma inovação da nova unidade será no setor de obstetrícia, que vai disponibilizar um apartamento exclusivo para trabalho de parto normal, mais humanizado.

No total serão 105 leitos de internação, dotado de um completo centro de diagnóstico e 10 leitos de UTI.

Atualmente a Unimed Rondonópolis conta com 140 médicos cooperados que atendem a uma demanda de 6 mil atendimentos/ mês, no Pronto Atendimento, que funciona no prédio da Santa Casa.

Conforme o diretor, a operadora de plano de saúde, saltou nos últimos cinco anos de 20 mil clientes locais, para 70 mil. Esse aumento vertiginoso, abriu a necessidade de ampliação de sua estrutura de atendimento e daí a necessidade de criação de seu próprio hospital.

Ainda conforme o diretor da cooperativa médica, hoje a cidade possui uma demanda de 250 leitos, mas dispõe de apenas 80 leitos particulares na rede hospitalar. Com os novos 115 leitos, incluindo os 10 de UTI, essa capacidade de atendimento, vai mais que dobrar.

“Com a conclusão do nosso hospital esperamos que a cidade deixe de ser uma exportadora de pacientes e passe a atender confortavelmente essa demanda aqui mesmo”, repassou.

Montreal

7 COMENTÁRIOS

  1. Excelente notícia pois precisamos realmente melhorias na saúde em Rondonópolis, porém, isso não resolverá o maior problema da Unimed que esta nas longas esperas por atendimento, pois os médicos credenciados são poucos e demanda de procura por consultas, enorme, na grande maioria, quase totalidade das especiliadades médicas, existe uma espera na agenda de horários, de mais de 30 dias, alguns casos, o absurdo de mais de 6 meses de espera para uma consulta. Como são poucos os médicos credenciados, se acham no direito de extorquir o paciente pois sabem que este precisa de atendimento, e não tem pra onde recorrer, então, são duas alternativas: ou aguardam o prazo da fila de espera, ou pagam cconsulta particular, que magicamente, tem disponibilidade de horário para a mesma semana ou muitas vezes até no mesmo dia. Isso sim, reflete o grande problema da Unimed em Rondonópolis, o descaso dos prestadores de serviços da empresa para com os as pessoas que contratam os planos oferecidos pela mesma.

    • Quando ocorre a dificuldade na hora do agendamento de uma consulta deve ligar na OPS seja Unimed ou qualquer outra e abrir um protocolo. Lhe será dado um número e dentro do prazo previsto na RN 259/11 da ANS a consulta será disponibilizada na especialidade requerida.A Unimed tem divulgado isso através de folders para maior conhecimento dos seus usuários.

  2. 6.000 atendimentos e 140 medicos. Isso da uma media de 42,85 atendimentos por dia seconsideramos sabados, feriados e domingo. Espero que a proxima boa noticia seja o aumento do numero de medicos…

  3. Aguardamos com muita anciedade as melhorias anunciadas pela Unimed, porque nos ultimos tempos tem sido muito difícil para o usuário.

  4. Parabéns para a Unimed.
    Amei a ideia de um hospital da Unimed, só achei o local um pouco fora de rota para a maioria da população, e além do mais todos os hospitais da cidade se localiza nessa região da cidade. Em caso de uma Emergência o trajeto dificulta muito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleEXCLUSIVO: Chefe de cozinha preso, assume esquema de abastecimento de droga na Mata Grande
Next articleEspeto´s Mania