Homem é preso após manter filhos de 4 e 5 anos trancados...
Adventista

Fullbanner1


Homem é preso após manter filhos de 4 e 5 anos trancados em quarto escuro

Fonte: Da redação com Campo Grande News
SHARE
Hematomas em menino de cinco anos; pai diz que foi a madrasta, de 14, que bateu no garoto (Foto: Divulgação)

Um homem de 41 anos de idade está preso em Dourados, a 233 km de Campo Grande, acusado de maus tratos contra os dois filhos, de 4 e 5 anos. A madrasta das crianças, uma adolescente de 14 anos, foi acusada pelo companheiro de ter batido no menino maior. Ela ainda não foi localizada.

As crianças foram encontradas por conselheiros tutelares na noite de sábado (1º ) após denúncias dos vizinhos, na casa onde moram com o pai, no Jardim Santa Maria, na região leste de Dourados. Os dois meninos estavam trancados em um quarto escuro.

Quando os conselheiros chegaram ao local, bateram palmas e chamaram os moradores, mas ninguém saiu para atender. Os vizinhos afirmaram que as crianças estavam trancadas na casa.

Como o portão estava apenas encostado, os conselheiros entraram e pela janela perceberam os meninos no quarto. Com a ajuda de policiais que acompanhavam o atendimento, a porta foi arrombada para que as crianças fossem resgatadas. Para impedir que os meninos acendessem a luz do quarto, a lâmpada foi desrosqueada do soquete.

O menino de cinco anos tinha vários hematomas nas pernas, nos braços e nas costas. Ele contou aos conselheiros que defecou numa sacola plástica por não conseguir ir ao banheiro, já que estava trancado no quarto.

Quando o pai e a companheira chegaram na casa, a adolescente teria batido no menino, para castigá-lo. Depois o casal saiu novamente e deixou os meninos sozinhos.

Os meninos foram levados para um abrigo temporário, onde receberam atendimento médico e acompanhamento psicológico. Os conselheiros procuram a mãe biológica dos meninos e outros parentes.

Na madrugada de domingo, o pai foi até a 1ª Delegacia de Polícia e alegou nunca ter batido nos filhos. Ele culpou a companheira pelas agressões, mas foi preso por abandono e maus tratos dos filhos.

O delegado Marcelo Batistela Damaceno, da 2ª Delegacia de Polícia, disse que as crianças estavam abandonadas e lesionadas e a investigação vai apurar quem foi o autor das agressões. Mesmo que tenha sido a adolescente a autoras das lesões, o pai vai responder por abandono.