Homem é executado com 28 tiros de pistola em Várzea Grande
Supermoveis


Macropel

Homem é executado com 28 tiros de pistola em Várzea Grande

Fonte:
SHARE
Ilustração

O crime assustou a comunidade do Jardim Marajoara, em Várzea Grande. A Polícia confirmou a execução e não descarta um ACERTO DE CONTAS ou uma QUEIMA DE ARQUIVO

Redação

Foi uma verdadeira saraivada de balas. Foram 28 tiros de pistola disparados à queima roupa contra um homem que não teve um mínimo de chance de defesa. Admilson Jorge de Souza, de 33 anos, foi a vítima que levou no maior número de tiros este ano nos mais de 200 crimes de homicídio registrados este ano em Cuiabá e Várzea Grande. Para a Polícia foi “uma execução encomendada”. Um crime de “pistolagem”

O crime, segundo a Polícia Militar, aconteceu por volta das 4 horas da madrugada deste domingo, 19, na Rua 12 do Jardim Marajoara, em Várzea Grande (Grande Cuiabá). A Polícia confirmou que a morte de Admilson Jorge de Souza foi uma execução.

A Polícia ainda não forneceu detalhes de mais esse assassinato e desconhece os motivos do crime, mas não descarta um “acerto de contas”, uma “queima de arquivo”, ou até mesmo uma vingança. A Polícia também confirma que a execução foi através de uma “pistolagem encomendada”.

O corpo da vítima foi liberado do local do crime para o Instituto Médico Legal (IML) por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), chefiados pelo delegado Antonio Carlos Araújo. Até o momento ninguém foi preso.

Fonte: 24 Horas News

Montreal