Henrique vê Cruzeiro mais qualificado em 2017: “Começa ano esperançoso”
Fullbanner1


Macropel

Henrique vê Cruzeiro mais qualificado em 2017: “Começa ano esperançoso”

Fonte: Gabriel Duarte
SHARE

Com as contratações do lateral Diogo Barbosa, do zagueiro Caicedo, o volante Hudson e o meia Thiago Neves, o Cruzeiro entra para a temporada 2017 mais forte. É o que acredita o volante Henrique. Para ele, com os reforços, a manutenção de boa parte do grupo do ano passado e de Mano Menezes, o clube começa o ano esperançoso com bons resultados e títulos.

– Sempre é bom quando vêm contratações para que o
Cruzeiro se reforce e aumente o nível de bons jogadores, o Mano sempre pegou o trabalho aqui no Cruzeiro no
meio do caminho, já em andamento, e sempre foi muito bem. Teve porcentagem de vitórias
muito boas, e agora é um começo, que nos traz muita expectativa, confiança no
trabalho dele, porque ela já provou isso. A gente começa o ano esperançoso para que
seja um ano de conquistas, porque tem dois anos que a gente teve bastante dificuldade.
Mas esse ano, tomara a Deus que tenhamos anos de alegrias, porque o Cruzeiro é
uma grande equipe e está acostumada a títulos, esperamos que seja um ano de conquistas.

VEJA O QUE FALTA PARA O CRUZEIRO FECHAR O ELENCO PARA 2017

Na temporada, o Cruzeiro vai disputar o Campeonato Mineiro, a Primeira Liga, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana. O último título cruzeirense foi em 2014, quando levou o Campeonato Brasileiro, conquistando o segundo título consecutivo da competição, e o Estadual.

Em 2017, na posição de Henrique, haverá a mesma quantidade de concorrentes, já que deixaram o time Federico Gino, que ainda procura um clube, e Bruno Ramires, que finaliza a negociação com o Vitória de Guimarães, de Portugal. Chegaram Hudson, que veio do São Paulo, e Lucas Ventura, promovido das categorias de base. 

Treino pela manhã

Os jogadores realizaram atividades na academia da Toca da Raposa na parte da manhã. Apenas os goleiros Rafael, Lucas França e Lucão foram a campo para realizar atividades específicas. Continuam no departamento médico o goleiro Fábio, o zagueiro Dedé e o atacante Judivan. Na parte da tarde, os atletas vão realizar atividades no gramado.

Os jogadores começaram o regime de concentração total na Toca da Raposa, onde vão permanecer por duas semanas sem voltar para casa. Ainda não há previsão para a chegada do meia Thiago Neves ao Brasil.

Montreal