Governo lança edital de concurso para técnicos em necropsia e papiloscopistas
Fullbanner1



Governo lança edital de concurso para técnicos em necropsia e papiloscopistas

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (23) o edital do concurso público para a formação de cadastro de reserva nos cargos de técnicos em necropsia e papiloscopistas  da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). As vagas são distribuídas em Cuiabá, e  nos cinco polos das coordenadorias regionais de Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra. Confira o edital aqui.

Para o provimento dos cargos é exigido diploma de graduação em qualquer área de formação. As inscrições para o certame estarão abertas entre os dias 27/03 a 19/04, no valor de R$ 120, e devem ser realizadas no endereço www.ufmt.br/concursos. As solicitações de inscrição com isenção de taxa ocorrerão entre os dias 27/03 a 02/04, no mesmo endereço eletrônico. A aplicação da prova objetiva será no dia 21 de maio no horário das 14h às 18h. Já o resultado final será publicado no dia 06 de setembro.  

Os papiloscopistas poderão atuar nas áreas da identificação civil ou criminal. No processamento da emissão do documento de identidade civil, no processamento da emissão de atestados, certidões e informações civis, na coleta das impressões digitais, bem como sua classificação e pesquisa, arquivamento dos prontuários e documentação. Atuar na coleta das impressões digitais de cadáveres, classificando e catalogando-as em arquivo próprio e criminal, devendo após o estágio probatório. Os servidores poderão optar por uma das áreas de atuação, observada a necessidade do serviço público, determinada pela Coordenadoria Geral de Identificação.

Já os técnicos em necropsia atuam na área de Medicina Legal, na preparação do cadáver para o ato de necropsia, no auxílio ao Perito Oficial nos exames periciais, realizando a abertura do cadáver sob a orientação do Médico Legista, bem como auxiliá-lo na necropsia, afastando órgãos, removendo vísceras e coletando material necessário para exames complementares ou que deverão seguir com o laudo pericial, entre outras atribuições.  

O regime jurídico é estatutário e os salários iniciais de carreira são de R$ 2.898,11 (Classe A- Nível 1- 30 horas) e de R$ 3.864,16 (Classe A- Nível 1- 40 horas). O concurso será composto por quatro fases: Prova Objetiva, Avaliação Psicológica, Avaliação de Títulos, e Investigação Social. Os candidatos aprovados passarão por curso de formação ao entrarem em efetivo exercício.