Gerente de banco paga R$ 380 mil para liberar família feita refém...
Adventista



Gerente de banco paga R$ 380 mil para liberar família feita refém em Rondonópolis

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Reprodução.

O gerente de uma agência bancária em Rondonópolis, e a família dele foram mantidos reféns por assaltantes e liberados após o pagamento de R$ 380 mil. As vítimas foram abordadas na residência deles na quarta-feira (2) e liberados quase 15 horas depois nesta quinta-feira (3). Nenhum suspeito foi identificado ou preso até o momento.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, o gerente do banco foi abordado na residência dele por dois homens armados por volta das 20h. A mulher dele e os dois filhos do casal foram levados para um local ainda desconhecido e permaneceram sob a custódia dos bandidos.

Segundo a polícia, o gerente permaneceu na casa até receber um telefone celular e ser orientado a ir ao banco e sacar uma quantia em dinheiro. No caminho, ele deveria seguir as recomendações e ligar para um número que estava agendado.

Com o aparelho, o gerente foi até o banco e esperou a abertura dos cofres e retirou cerca de R$ 380 mil. O dinheiro foi colocado em sacos de lixo e entregue aos suspeitos perto de um supermercado. A mulher dele e os filhos foram abandonados posteriormente em um local da cidade. Todos foram levados para a delegacia onde prestaram depoimento.

Além da mulher e dos filhos, um vizinho do casal foi feito refém durante a ação. Ele também foi liberado após o pagamento. De acordo com a polícia, a modalidade de assalto é conhecida como ‘sapatinho’. Com colaboração do G1 MT.