Gerenciar ESTRESSE
Fullbanner1


Macropel

Gerenciar ESTRESSE

Fonte:
SHARE

Stress Man

Na correria do dia a dia, é impossível existir alguém que não tenha experimentado algum nível de estresse na vida.

Segundo o dicionário Aurélio estresse é o conjunto de reações do organismo a agressões de ordem física, psíquica, infecciosa  e outras capazes de perturbar o equilíbrio.

Passamos por situações que nos exige cada vez mais agilidade para cumprir prazos, compromissos. A rapidez com que as coisas estão acontecendo ultimamente neste mundo globalizado, tem sido um dos pontos principais para criar uma sociedade com elevados níveis de estresse.

Fico me perguntando como seria se o mundo fosse menos corrido, se você tivesse tempo suficiente para analisar com detalhes todas as mudanças que estão acontecendo em sua vida, se tivesse tempo de pensar antes de ter que dar uma resposta. Talvez isso te deixaria com a sensação de liberdade interior, e não pressionado a tomar decisões das quais poderia se arrepender mais tarde. Como seria se ao chegar em casa depois de um longo dia de trabalho pudesse se jogar no sofá e assistir a um filme com seu filho, simplesmente ficar ali, um do lado do outro, um na companhia do outro?

As vezes cenas como essas são incapazes de serem pensadas ou imaginadas. É simplesmente impossível uma pessoa não ter em algum momento de sua existência, passado por algum nível de estresse, pois somos dinâmicos, estamos em constantes mudanças, e isso faz parte. São as mudanças que geram o estresse, assim qualquer mudança que você experimente tem potencial de causar estresse, tanto as boas como as más.

A grande diferença está em como você lida com essas mudanças, o seu grau de flexibilidade diante delas. O segredo está em aceita-las seja ela qual for, pequena, média ou grande, e após aceitar, ouvir o que as sensações causadas por ela tem a lhe dizer, como se fossem um amigo querendo lhe contar grandes novidades. E após essa escuta, gerenciar esses estados internos, dando tempo ao próprio organismo de gerir os efeitos causados pelas descobertas. Mas quando isso não acontece é como se travássemos uma luta entre dois gladiadores, um medindo força com o outro, e o que pode produzir essa queda de braço senão a elevação da quantidade de energia entre um e outro, onde o corpo é o receptor de toda essa carga.

Aconselho que você  dedique  uma parte do seu tempo, por menor que seja  em algumas distrações para aliviar o estresse, como por exemplo tomar um café com um amigo, sair para jantar com a família, “jogar conversa fora” , assistir a um filme interessante ou “nada a ver”, dar boas risadas, fazer um programa diferente. Reserve um dia da semana para fazer algum programa que ha muito tempo não faz, isso vai te trazer um prazer enorme, seu corpo e principalmente sua mente vai agradecer grandemente por este momento, e irá te fazer um grande bem.

Deus o abençoe , sigamos enfrente com menos estresse e mais qualidade de vida.  Até mais.

Luciane Magalhães

Montreal