Gêmeas que nasceram unidas pela cabeça têm alta
Adventista

Fullbanner1


Gêmeas que nasceram unidas pela cabeça têm alta

Fonte: Da redação com G1
SHARE
Foto: Reprodução.

Após um ano de idas e vindas ao Hospital das Clínicas (HC) de Ribeirão Preto (SP), as irmãs Maria Ysadora e Maria Ysabelle, que nasceram unidas pela cabeça, receberam alta médica nesta sexta-feira (7) e poderão voltar para casa.

As meninas estavam internadas na enfermaria pediátrica há 40 dias, após terem sido submetidas à última cirurgia de separação, no fim de outubro.

A família ficará em Ribeirão Preto até o natal e depois deverá voltar a Patacas, distrito de Aquiraz, no Ceará, onde as gêmeas nasceram. Será a primeira viagem desde o início do tratamento.

“A felicidade é muito grande, de poder sair com elas bem e em tão pouco tempo de cirurgia. Agora a gente vai poder passear com elas e, no dia 27, vamos para Fortaleza. Na virada do ano a gente vai levar elas para conhecer a praia, que elas não conhecem ainda”, planeja o pai das meninas, Diego Freitas Farias.

Para a mãe das meninas, Débora Freitas, esse é um novo começo. “Meu coração está a mil. Não vejo a hora de sair daqui, estou contando os minutos. Eu falo que elas têm duas datas de nascimento: o dia 1º de julho é o dia em que elas nasceram, mesmo juntinhas, e que foi um aprendizado que Deus dá para quem pode superar tudo isso; e o dia 27 de outubro, que foi o dia que elas nasceram separadinhas, do jeito que era para elas nascerem”, diz.