Garota pode ter simulado sequestro e maus-tratos, como uma forma de sair...
Adventista

Fullbanner1


Garota pode ter simulado sequestro e maus-tratos, como uma forma de sair da casa dos pais

Fonte: Da Redação - Com O Livre
SHARE
Foto: Reprodução.

O print de uma conversa de WhatsApp da jovem Luana mostra que ela pode ter simulado o seu desaparecimento na tarde desta quarta-feira. Em parte da conversa a que o LIVRE teve acesso, Luana diz à colega A. [seu nome será preservado] que pretendia “simular um desaparecimento” como uma forma de sair da casa dos pais. E pede a ajuda da amiga.

Uma colega da garota encaminhou um áudio em que uma jovem narra o que teria acontecido. Segundo ela, Luana teria falado para a amiga com quem dividia o Uber diariamente, que queria ir para a casa dela. Essa mesma amiga teria chamado um Uber de seu celular, do Cin para o Shopping Três Américas para não deixar vestígios. Elas teriam almoçado lá.

Mais tarde, às 14 horas, foram para a casa dessa amiga, na região do shopping. E que os prints, seriam da conversa com essa amiga. Elas teriam comprado remédios para doparem Luana. No final da noite, elas se dividiram em carros diferentes de Uber para o local onde ela foi encontrada.
Elas teriam simulado pequenos arranhões em Luana. E esta mesmo amiga, teria feito a denúncia anônima à polícia.

Em áudio que circula na rede de amigos de Luana, amiga conta o que supostamente teria acontecido. Pais de Luana estão confusos.
Foto: Reprodução.

Os pais de Luana foram até lá quando receberam a notícia de que ela havia sido encontrada. Eles estavam esperando notícias na delegacia.
O LIVRE também conversou com o pai da menina, Wilson Girotto Melin, que está vivendo um impasse, com a enxurrada de informações que têm recebido. “Vou esperar ela se recuperar e vamos conversar. Com calma”, diz ainda atordoado com o incidente. Ele afirmou que não há problemas em casa.

Ele contou à reportagem que ela passa por exames minuciosos para esclarecer quaisquer dúvidas acerca da sua integridade física. “Eu estou bastante confuso com as informações que tenho recebido”, disse.

Mais cedo, disse ao Livre que ela foi localizada por volta das 19h nas proximidades do Supermercado Comper, na avenida Fernando Corrêa. Ela teria sido encontrada “jogada no chão e grogue”, segundo informou o pai da jovem.