Ganha Tempo de Sinop muda a vida de moradores gerando mais empregos...
Supermoveis



Ganha Tempo de Sinop muda a vida de moradores gerando mais empregos na cidade

Fonte: Assessoria
SHARE
Foto: Assessoria.

Trabalhar com carteira assinada era o sonho do jovem morador de Sinop, José Augusto Scalabrin, de 27 anos. No entanto, a falta de emprego na cidade impedia o estudante de biomedicina em ter o documento assinado pela primeira vez e entrar para o mercado de trabalho.

A construção da nova unidade do Ganha Tempo em Sinop mudou a realidade de José. O jovem ajudava o pai Irinel Scalabrin, de  64 anos, nas tarefas de informática na empresa da família, quando foi selecionado para trabalhar no Ganha Tempo, inaugurado nesta segunda-feira (28.03) pelo governador Pedro Taques, secretários de Estado e autoridades locais.

“Passei por uma seleção, fui contratado e agora vou ser promovido em menos de um mês na empresa. Me dediquei  ao trabalho, percebi que poderia crescer na empresa e assim está acontecendo”, disse o jovem que atualmente ocupa o cargo de atendente no guichê da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), um dos serviços mais procurados da unidade.

Com o emprego conquistado, José já planeja comprar seu próprio carro. “Está sendo uma excelente oportunidade para começar no mercado de trabalho, já que é o meu primeiro emprego de carteira assinada. Inclusive, já estou até pagando o financiamento do meu carro”, disse, orgulhoso.

Assim como José, outros 119 moradores de Sinop foram contratados para trabalhar no Ganha Tempo, que deve atender a 1.100 mil pessoas por dia, chegando a 22 mil atendimentos por mês. Outros 200 moradores também conquistaram o tão sonhado emprego durante a construção da unidade, que levou três meses.

Quem chega ao Ganha Tempo de Sinop encontra a sorridente Fernanda Izel , 26 anos. A jovem também conquistou um emprego na unidade, após ficar três anos afastada do mercado de trabalho para se dedicar à maternidade. “Agora que eles completaram a idade para estar na creche, decidi voltar a trabalhar”, explicou Fernanda, que está no cargo de atendente multitarefas na recepção principal do Ganha Tempo.

Para a jovem, a oportunidade de trabalho foi importante para complementar a renda familiar e crescer profissionalmente. “O emprego está sendo ótimo. É uma oportunidade de aumentar a renda da minha família. Agora espero atender bem a população e as necessidades da unidade para crescer dentro dela”.

Segundo o secretário Adjunto de Administração Sistêmica da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), Marcos Sovinski, a contratação dos terceirizados é de responsabilidade da concessionária Rio Verde, administradora do Ganha Tempo.

“As vagas foram disponibilizadas no Sine de Sinop e houve todo o trabalho de entrevista, para depois iniciar os treinamentos. Os contratados foram capacitados por mais de 30 dias, em diversos assuntos entre eles libras, combate a incêndio,  atendimento ao público e gestão de qualidade. Acreditamos que todos estão preparados para desempenhar um bom trabalho e prestar um ótimo serviço à população.”

A unidade

O Ganha Tempo de Sinop oferece mais de 80 serviços à população, priorizando o atendimento com conforto e agilidade. No local, o cidadão pode encontrar os serviços da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Câmara de Dirigentes Lojistas, Polícia Técnica e Identificação Civil (Politec-MT), Tribunal Regional Eleitoral, Procon, entre outros.

O Ganha Tempo de Sinop foi o segundo inaugurado no Estado. O primeiro foi instalado em Cuiabá, no bairro CPA. As unidades seguem o novo modelo de Ganha Tempo gerida por meio de Parceria Público-Privada (PPP), com concessão administrativa, que determina um atendimento de qualidade, eficiência e rapidez, facilitando o acesso do cidadão aos serviços públicos do Estado e de outros parceiros.

Nos próximos meses estão previstas a inauguração do Ganha Tempo nas cidades de Rondonópolis, Barra do Garças, Cáceres, Lucas do Rio Verde e Várzea Grande. A nova modelagem das unidades do Ganha Tempo foi desenvolvida pelo Governo do Estado sob coordenação da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT). 

Assistência Social e Saúde

Além de inaugurar o Ganha Tempo no município de Sinop, o governador Pedro Taques também entregou a 331 famílias, em situação de vulnerabilidade social, o cartão do programa Pró-Família. Com a inclusão no programa, as famílias receberão auxilio mensal no valor de R$ 100, devendo ser investido na compra exclusiva de alimentos.

Já os profissionais da rede de proteção receberam os kits de trabalho para atendimento às famílias. Ao todo, 63 assistentes sociais e agentes comunitários de saúde de Sinop foram beneficiados com a mochila. Uma delas foi a agente comunitária de saúde, Ida Aparecida Paiva da Silva, que há 14 anos cuida das famílias da cidade.

“Me sinto feliz sendo beneficiada pelo programa, porque percebo a valorização que Governo do Estado está nos dando”, disse Ida.   

O governador Pedro Taques destacou que o programa será ampliado no município para mais 200 famílias e que, durante a sua gestão, o auxilio não irá parar. “O programa é a garantia da proteção social neste momento de crise em que existem 14 milhões de desempregados no Brasil. O Pró-Família exige que as famílias tenham as crianças nas escolas e a carteira de vacinação em dia, além da participação em curso profissionalizante, para que depois de um tempo estejam no mercado de trabalho. O programa está retirando as famílias que viviam baixo da linha da pobreza do ranking nacional.”

Na saúde, Taques anunciou a realização da Caravana da Transformação na cidade, após a edição de Cuiabá, que será realizada no próximo mês. O governador disse, também, que planeja abrir novos leitos de UTI no Hospital Regional de Sinop ainda no primeiro semestre deste ano.

Ainda durante visita a cidade, o governador esteve na solenidade de instalação da 4ª Vara Criminal e da Vara Especializada da Infância e Juventude em Sinop, onde assinou a lei que altera o sistema de desenvolvimento de carreiras e remuneração dos servidores do Poder Judiciário do Estado.