Galo tenta finalizar detalhes para ter Elias e torce por liberação de...
Fullbanner1



Galo tenta finalizar detalhes para ter Elias e torce por liberação de Baeza

Fonte: Fernando Martins Y Miguel
SHARE

O Atlético-MG trabalha em duas frentes para anunciar
volantes para reforçar o time em 2017. Enquanto o presidente do clube, Daniel
Nepomuceno está em Portugal para finalizar os detalhes do contrato com Elias,
do Sporting, o empresário do volante Claudio Baeza, do Colo-Colo, do Chile,
está no Brasil para fechar o negócio com o clube mineiro (veja informações também no vídeo abaixo).

Em Portugal, Daniel Nepomuceno, ao lado de Giuliano
Bertolucci, intermediário na negociação e que iniciou as tratativas com a diretoria do Sporting, tentam
finalizar a negociação. Mas a contratação de Elias é considerada complicada por
ter várias questões pendentes.

Uma delas são as garantias bancárias dadas pelo clube mineiro.
O valor da negociação gira em torno dos 2,5 milhões de euros. O Sporting só
libera o jogador após o Atlético-MG dar a garantia de como irá desembolsar e
honrar o compromisso para a compra da metade dos direitos econômicos do atleta. O clube português detém 100% dos direitos de Elias.

Christian Urquieta, empresário de Baeza, está em São Paulo.
Segundo ele, vários clubes brasileiros estão interessados em contar com o
jogador do Colo-Colo, mas o Atlético-MG negocia para ter o volante já neste
início de ano. Com contrato com o Colo-Colo até o meio do ano, Baeza tem
dificuldade em convencer os dirigentes do time chileno a liberá-lo antes do
término do vínculo.

Com a lesão de Lucas Cândido, a necessidade de se contratar
mais de um volante de bom nível aumentou no clube. É possível que o processo de
negociação se agilize, apesar de o Atlético-MG não querer se indispor com o
Colo-Colo, já que Baeza ainda é jogador do clube chileno. A intenção da
diretoria atleticana é que Baeza consiga a liberação. O Cacique, como é chamado o time colocolino, estreia na Libertadores na semana que vem, contra o Botafogo, no Engenhão, pela segunda fase preliminar da competição. De acordo com o regulamento, se o jogador for inscrito pelo clube chileno, não poderá disputar a Libertadores por outra equipe. A lista deverá ser apresentada até segunda-feira, 48 horas antes da estreia.