Gaeco deflagra operação em MT; empresa com contratos milionários é alvo
Adventista



Gaeco deflagra operação em MT; empresa com contratos milionários é alvo

Fonte: Da redação
SHARE

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) realiza neste momento uma operação em Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Por determinação do juiz Marcos Faleiros, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em residências e endereços comerciais nas duas cidades.

Um dos locais em que eles estão é o edifício SB Tower, na avenida do CPA. O alvo é a Associação Casa de Guimarães, que possui contratos com convênios com o Estado, principalmente na área da Cultura.

No ano passado, o Ministério Público Estadual abriu procedimento para investigar o convênio entre a associação e a Secretaria de Cultura no programa “Vem Pra Arena”. A associação também firmou contratos com a extinta Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo).

Foi a responsável, por exemplo, pela gestão do Fifa Fan Fest. Somente neste contrato, a associação recebeu R$ 13,9 milhões.

De acordo com o Ministério Público Estadual,  a operação tem por finalidade a obtenção de provas para subsidiar as investigações que já estão ocorrendo contra a associação e também desarticular suposta organização criminosa instalada para desviar recursos públicos em contratos firmados entre a Casa de Guimarães e o Governo do Estado de Mato Grosso, entre os anos de 2011 a 2018. Além do crime de constituição de organização criminosa, também há indicativos da prática de peculato, falsidade ideológica, fraude em licitações e lavagem de capitais.

SALA FECHADA

No edifício SB Tower, a sala comercial da Casa de Guimarães, localizada no 8º andar, estava fechada. Como não chegou nenhum funcionário até as 8h30, um chaveiro foi chamado para abri-la.  Com informações do Folhamax.