Gabriel evita entrar em polêmica de Mano e celebra Mineirão dividido
Supermoveis



Gabriel evita entrar em polêmica de Mano e celebra Mineirão dividido

Fonte: Rafael Araújo
SHARE

A bola vai rolar para Cruzeiro e Atlético-MG apenas na
quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Mineirão, pela Primeira Liga. No
entanto, o clássico entre Galo e Raposa já começou fora das quatro linhas. Após
a vitória celeste sobre o Villa Nova, na estreia do Campeonato Mineiro, o técnico Mano
Menezes disse que “a vitória foi limpa”, em referência ao pênalti marcado no
triunfo do Atlético-MG sobre o América TO (veja no vídeo acima a análise do lance por Márcio Resende).

A declaração polêmica do técnico do Cruzeiro foi evitada
pelo zagueiro Gabriel, que preferiu não repercutir muito a fala do treinador
rival no Galo e ressaltou que foi pênalti em Fred.

LEIA TAMBÉMGalo começa semana do 1º clássico de 2017 apenas com reservas em campoAusências e novo estilo: os desafios do Galo, além do rival, no 1º clássico

– A gente recebe normal. Ele deu uma declaração infeliz, que
todo mundo viu que foi pênalti. A gente deixa de lado. Estamos focados no que
temos que fazer. Sabemos da força do nosso elenco e que vai ser um grande jogo.
É uma opinião dele, mas a gente está focado no trabalho que a gente tem que
desempenhar.

Nesta quarta-feira, o clássico terá um gostinho especial.
Pela primeira vez desde 2013, o Mineirão estará dividido com as duas principais
torcidas de Minas Gerais. Gabriel, que já vivenciou clássicos com duas torcidas
nas arquibancadas, agora terá a chance de jogar um duelo assim.

– Já vi vários clássicos assim. Para mim clássico tem que
ser com torcida dividida, 50% 50%. As duas torcidas vão fazer um grande espetáculo,
e pode ter certeza que vai ser um grande jogo também.

O time do Atlético-MG no clássico desta quarta-feira será um
mistério. O técnico Roger Machado vai fechar o treino desta terça-feira, o
último antes do jogo contra o Cruzeiro.