Futuro da Engenharia: Entenda as Oportunidades e Desafios da Área
Adventista

Fullbanner1


Futuro da Engenharia: Entenda as Oportunidades e Desafios da Área

Fonte:
SHARE

Conforme a IBEC – Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos, “a Engenharia sempre foi um dos campos mais importantes do conhecimento humano”. Graças a ela, grandes obras da humanidade foram construídas: Aquedutos romanos, Pirâmides do Egito, Parthenon e os grandes arranha-céus da atualidade. Mas, e quanto ao presente e futuro da engenharia, o que ela promete?

Atualmente, a Engenharia continua sendo um campo de conhecimento muito importante. Ela tem se apoiado na tecnologia a fim de potencializar o seu objetivo e tornar possível a construção de grandes obras, gerenciamento de trânsito, construção de sociedades mais sustentáveis etc.

A partir disso, neste post, abordaremos sobre as tendências da Engenharia para o futuro: Engenharia sustentável, eficiência energética, automatização dos processos, tecnologia da informação, realidade virtual, multidisciplinaridade profissional. Continue a leitura e confira

O que esperar sobre o futuro da Engenharia?

O futuro da Engenharia é semelhante ao de qualquer outra profissão e representa uma tendência dos nossos tempos. Com a velocidade e rapidez com que as coisas acontecem e se inovam, o profissional precisa estar antenado nas novas tecnologias e demandas econômicas, sociais e culturais de um mundo em constante transformação.

Sendo assim, o profissional deve estar em constante atualização, preocupado não apenas em entregar um bom produto ou projeto, mas também com questões ambientais e sociais, otimizando os custos e utilizando tecnologia para reduzir erros e aumentar a produtividade.

Quais são as tendências da Engenharia para o futuro?

Como falamos, a Engenharia do futuro deve entregar um produto condizente com as necessidades da sociedade contemporânea. Abordamos aqui, neste tópico, algumas vertentes da Engenharia que estão em alta e prometem bastante em um futuro próximo.

Todas elas envolvem de forma direta ou indireta as mesmas tendências citadas anteriormente, como aumento do uso da tecnologia, softwares, preocupação ambiental, trabalho multidisciplinar, entre outros. Confira!

Engenharia Sustentável

Essa nova vertente da Engenharia surgiu há pouco tempo. Isso porque o próprio conceito de sustentabilidade é recente e ainda é constantemente atualizado em reuniões de entidades internacionais.

Atualmente, entende-se que para atingir a sustentabilidade, deve-se levar em consideração a existência da tríade sustentável, que envolve a esfera econômica, cultural e ambiental. Ou seja, os três fatores são igualmente importantes para a construção de um projeto sustentável.

Várias são as estratégias que a Engenharia sustentável utiliza para atingir a esse fim, como a utilização de materiais locais — que privilegia a mão de obra local e reduz os gastos com transporte, preservação de florestas nativas e corpos d’agua —, conservação do meio ambiente, adoção de energia alternativa, entre outros.

Eficiência Energética

A eficiência energética está ligada diretamente com a Engenharia sustentável. Ela tem como objetivo tanto a economia dos gastos com a conta de energia quanto a preservação do meio ambiente.

Entre as alternativas da engenharia para o alcance da eficiência energética temos a escolha dos materiais, que conservam o calor no interior da edificação — ideal para climas temperados e frios — ou que impedem o calor de entrar na edificação, especial para climas quentes.

Além disso, também temos a Inserção de fontes de energias alternativas, também conhecidas como energias renováveis. Entre as principais, podemos citar a energia eólica e a solar. Essas fontes de energia são valiosas, pois não poluem o meio ambiente e são fontes inesgotáveis de energia, ao contrário do carvão e do petróleo.

Outra opção eficaz para o alcance da eficiência energética é o uso de equipamentos mecânicos, como ar-condicionado e aquecedores — desde que de forma racional e que a edificação não esteja totalmente dependente deles. A automatização é uma forma de potencializar isso.

Automatização dos Processos

A automatização dos processos está diretamente ligada à tecnologia. Serve tanto para aumentar a eficiência energética e reduzir o consumo de água quanto para a segurança dos locais.

É utilizada em diversos campos da Engenharia, seja na construção ou no gerenciamento de grandes indústrias. O resultado é o mesmo: otimização dos lucros e diminuição de erros.

Tecnologia da Informação

A Tecnologia da Informação (TI) é um campo do conhecimento que estuda como solucionar questões de informática que visam a segurança do conteúdo das informações, além de sua transmissão e produção.

É um campo que engloba várias outras áreas do conhecimento, como a Engenharia. Um exemplo prático da utilização do TI na Engenharia é por meio da identificação de dados do trânsito em determinada cidade, que ajuda o Engenheiro rodoviário a entender o seu fluxo.

Realidade Virtual

Em um mundo cada vez mais tecnológico, supercomputadores têm sido cada vez mais utilizados para criar um universo digital que imita a realidade.

Isso tem várias utilidades, como em jogos eletrônicos, que prometem dar um novo sentido a forma com que encaramos esse universo. Mas não é apenas para o lazer que essa ferramenta pode ser utilizada.

Ela é firmemente aplicada na validação de hipóteses de problemas reais. Por exemplo, surge um problema quanto à alocação de uma edificação e o efeito da luz solar na edificação ao longo do ano. Entra em cena o uso de softwares que se utilizam de realidade virtual para realizar uma simulação do sol ao longo do ano.

Multidisciplinaridade Profissional

Foi-se o tempo em que um profissional precisava saber apenas aquilo que aprendeu para poder exercer sua profissão. Atualmente, um bom profissional necessita ser curioso e estar cercado de profissionais de diversas áreas.

Engenheiros precisam contar com outros profissionais para elaborar bons produtos e bons projetos e isso não é demérito algum para o Engenheiro, mas sim uma grande atitude de humildade e que aumenta a sua valorização no mercado de trabalho.

É necessário conhecer de tudo um pouco e estar sempre preparado para conversar com profissionais de várias áreas: biologia, ciência da computação, arquitetura e urbanismo, ciências sociais etc.

Como me preparar para esse futuro?

Dessa forma, a Engenharia tem um futuro promissor para os próximos anos e décadas. Assim como tudo no mundo, as novidades e informações sobre o tema se propagam e se renovam de maneira muito rápida e o profissional precisa estar antenado e aberto para receber essas novidades e absorvê-las, de modo a prestar um trabalho satisfatório para seu cliente.

Chegou o momento em que se familiarizar com tecnologias e softwares tornou-se indispensável. Assim como a linguagem oral e escrita, o domínio da tecnologia tornou-se imprescindível para o profissional de Engenharia. Manter-se atualizado é o segredo para o presente e o futuro do engenheiro.

Profissões e campos antes destinados apenas a cientistas já saíram do laboratório e já se encontram presentes nas empresas e no mercado de trabalho, como o uso da Inteligência Artificial.

Nada deve ser deixado para depois. O futuro é agora!

                                                                                                                                                                                              Fonte: http://ibecensino.com/blog