Fred dispara na liderança do Ranking Espião Estatístico para o Cartola FC
Fullbanner1


Adventista

Fred dispara na liderança do Ranking Espião Estatístico para o Cartola FC

Fonte: Roberto Maleson*
SHARE

Em grande fase no Atlético-MG, Fred, com 16 gols nesta temporada, seria motivo de alegria para muitos cartoleiros, caso o desempenho do atacante já estivesse contando para o Cartola FC. Sua pontuação somada já chegou a 131 pontos, uma vantagem de 24 para o segundo colocado, o lateral-esquerdo Reinaldo, da Chapecoense.

Para ajudar na escalação do seu time na primeira rodada do fantasy game, o Espião Estatístico* reuniu informações dos jogos oficiais já realizados neste ano pelos times que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro. O Ranking Espião Estatístico de Desempenho para o Cartola FC funciona como medidor para mostrar quem está indo bem e quem está indo mal, de acordo com os critérios que podem ser avaliados até o momento.

São eles: gols marcados (+8,0 pontos), assistências para gols (+5,0 pts), cartões amarelos (-2,0), cartões vermelhos (-5,0), pênaltis defendidos (+7,0), pênaltis perdidos (-3,5), gol contra (-6,0), jogos sem levar gol (+5,0 exclusivo para goleiros, zagueiros e laterais). Não consideramos o número de gols sofridos (-2,0) porque não tínhamos as defesas difíceis (+3,0), que equilibram o quesito. 

Os 16 gols marcados e as duas assistências ajudaram Fred a acumular 131 pontos. O garçom Reinaldo, com sete assistências pela Chape, tem 107 pontos – marcou ainda três vezes de pênalti e uma em cobrança de falta. Com 10 gols em 2017, o artilheiro Gilberto, do São Paulo entra na briga pelo segundo lugar, com 98 pontos. Veja quem são os 20 melhores com os jogos realizados até 18 de abril de 2017.

Em quarto lugar na lista, Diego Souza já fez noves gols e deu duas assistências em 15 partidas pelo Sport no ano. Em seguida, Lucca, com oito gols e cinco assistências pela Ponte Preta, tem 82 pontos. Com um ponto a menos que o atacante da Macaca, Rafael Sobis caiu quatro posições em comparação com o ranking do mês passado. O atacante do Cruzeiro fez um gol e levou um cartão amarelo nesse intervalo e somou seis pontos.

Ainda vale destacar três jogadores que ficaram entre os 20 melhores graças à ajuda da pontuação extra de cinco pontos exclusiva para goleiros, laterais e zagueiros: a de jogos sem sofrer gols. Pablo (Corinthians), Éder (Bahia) e Guilherme Arana (Corinthians) ganharam, respectivamente, 60, 55 e 45 pontos com este quesito.

os 20 menores pontuadores

Do outro lado estão aqueles jogadores que deixam os cartoleiros desesperados em função de suas respectivas pontuações negativas no fantasy game. O volante Jean, do Vasco, é quem amarga a incômoda posição de jogador com a menor pontuação do Ranking Espião Estatístico de Desempenho em função dos oito cartões amarelos sofridos no ano: -16 pontos. Ele é o jogador da Série A que mais levou cartões dessa cor em 2017.

É importante lembrar que alguns quesitos não entraram no Ranking em função de que nem todos os jogos têm scout, o que impede saber, por exemplo, a quantidade total de roubadas de bola dos atletas de uma equipe na temporada.

Betinho (Atlético-GO), Caio César (Avaí), Fernando Bob (Ponte Preta) e Silva (Atlético-GO) completam a lista dos que menos pontuaram, considerando alguns dos critérios do Cartola FC disponíveis para formulação deste Ranking. Os quatro estão a frente por terem levado muitos cartões, critério que desconta -2 para os amarelos e -5 para os vermelhos. Confira quem são os 20 jogadores com pontuações mais baixas com as partidas realizadas até 18 de abril de 2017.

Como pode se observar, a pontuação negativa acumulada dos jogadores da lista acima deve-se à grande quantidade de cartões destes atletas.  A exceção é o zagueiro Jesiel, do Galo, que não levou nenhum cartão, mas fez um gol contra (-6 pontos) no empate contra a Chapecoense pela terceira rodada da Primeira Liga. Já Luis Henrique, do Furacão, levou “apenas” um cartão, um vermelho (-5 pontos) na estreia do Paranaense contra o Rio Branco-PR e também perdeu um pênalti (-3,5 pontos), ao bater de cavadinha a cobrança no empate contra o Toledo, pela segunda rodada do Campeonato Paranaense.

*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Eduardo Sousa, Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Leandro Silva, Paula Carvalho, Roberto Maleson, Valmir Storti e Wilson Hebert

* Estagiário, sob a supervisão de Rodrigo Breves

Montreal