Fórum Municipal de Cultura define ações de trabalho para 2015
VendaMais

Fórum Municipal de Cultura define ações de trabalho para 2015

SHARE
Foto: Assessoria

Por Cayron Henrique Fraga

Artistas e produtores culturais de Rondonópolis se reuniram com a equipe da Secretaria Municipal de Cultura – Secult, no Centro Cultural José Sobrinho para a realização do Fórum Municipal de Cultura onde foi debatido sobre as políticas culturais, deliberações sobre as metas do Plano Municipal de Cultura e também a indicação dos representantes do Conselho Municipal de Política Cultural, no período 2015 – 2017.

O secretário Municipal de Cultura, Luciano Carneiro Alves, apresentou as ações realizadas em todos os núcleos da Secretaria desde a criação pelo prefeito Percival Muniz,  em setembro de 2013, até o momento.

No Plano Municipal de Cultura há 15 metas estabelecidas. A cada ano devem ser estipuladas três metas que serão prioridades. De forma eletiva, o grupo escolheu as seguintes: Meta 6 – Financiar projetos culturais aprovados anualmente, através de editais de fomento à cultura; Meta 09 – Criação de Programa de Valorização de Atividades de Difusão Cultural por meio de intercâmbio nacional e internacional; Meta 15 – Mínimo de 1% do orçamento municipal destinado ao fomento da cultura. Fomentar a cultura com a participação de recursos próprios.

Também entraram em pauta as demandas apresentadas pelos setoriais de cultura. Cada segmento expôs seus desafios e necessidades e, em seguida, indicaram nomes, titulares e suplentes, para ocuparem cargo no Conselho Municipal de Política Cultural.

Outra decisão importante foi o desmembramento de dois setoriais, antes Artes Visuais e Artes Cênicas, tornando-se agora quatro, artes plásticas e audiovisual e artes cênicas (teatro e circo) e dança. “A mudança é necessária para facilitar a linguagem entre os membros de cada setorial. O intuito é sempre avançar e melhorar os trabalhos”, disse Alexandra Pimentel, fotógrafa e membro do setorial de audiovisual.

Com a divisão desses setoriais, a eleição do conselho foi adiada e será feita após o término da indicação dos nomes, já que os participantes dos novos setoriais necessitam de prazo para se reunirem e definirem ações.

O Fórum fecha a semana de programação que reuniu, além da classe artística, gestores do município e do estado. Com destaque para a participação do governador Pedro Taques, do secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Leandro Carvalho e do representante do Ministério da Cultura em Mato Grosso, Rômulo Fraga, que atuou na capacitação de gestores e no fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO