Flu faz treino leve em Sinop e Abel Braga critica condições do...
Supermoveis



Flu faz treino leve em Sinop e Abel Braga critica condições do estádio

Fonte: Robson Boamorte
SHARE

Abel Braga não gostou nada do que viu no leve treinamento que comandou nesta quarta-feira no estádio Gigante do Norte. A atividade durou apenas 50 minutos “em um gramado pesado e sem iluminação”, segundo ele. O treinador não deu pistas de quem será o substituto do lesionado Gustavo Scarpa, para o duelo desta quarta-feira do Fluminense contra o Sinop, pela segunda fase da Copa do Brasil.

A equipe desembarcou na tarde desta terça-feira em Mato Grosso e no início da noite realizou o último trabalho antes do duelo decisivo pela classificação. A chuva no fim do treino piorou ainda mais a situação. De fato, o local não reúne as melhores condições e os refletores aparentam ser insuficientes em comparação com estádios que o Flu está acostumado a jogar. O treinamento foi leve, mais focado nas finalizações e cruzamentos.

O público compareceu ao local e incentivou os atletas a cada jogada bem efetuada. Na segunda parte do trabalho, a comissão técnica dividiu o grupo com os atacantes simulando jogadas de ataque e os defensores com lançamentos e cabeceios. Na terceira parte, o time trabalhou em campo reduzido, explorando o toque de bola e a marcação. 

Ao fim da atividade, era nítida a irritação de Abel com as condições que sua equipe irá encontrar na partida. Ele preferiu não falar com a imprensa, mas o goleiro Júlio César confirmou que o gramado não está nas melhores condições.

– Está pesado, com areia e a tendência é que com a chuva fique pior. Mas isso não é desculpa, temos que fazer nosso jogo, nos impôr e sair com essa classificação – relatou.

A tendência é que Marcos Júnior assuma a vaga de Gustavo Scarpa no meio. Marquinho e Richarlison correm por fora. A definição sai somente momentos antes da partida. Sinop e Fluminense jogam nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio Gigante do Norte, pela segunda fase da Copa do Brasil.