Fies atualiza lista de pré-selecionados até sexta-feira
Supermoveis



Fies atualiza lista de pré-selecionados até sexta-feira

Fonte:
SHARE

O sistema do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai atualizar os dados de quem for pré-selecionado até o dia 3 de março. Estudantes que ficaram na lista de espera devem acompanhar diariamente a classificação no site do programa, pois, caso sejam aprovados, terão cinco dias úteis, a contar da data da divulgação de sua pré-seleção, para finalizar o cadastro no SisFies e iniciar o processo de contratação.

Após concluir a inscrição, o aluno pré-selecionado no Fies terá que validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino em até dez dias contados a partir do primeiro dia depois da conclusão da sua candidatura ao programa. A CPSA é o órgão responsável, dentro da instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

Depois da validação das informações, o estudante e, se for o caso, seu fiador deverão comparecer a um agente financeiro do programa em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil após a data da validação da inscrição pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, para formalizar a contratação do financiamento.

No ato da inscrição no SisFies, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais Agentes Financeiros do
Programa.

Os prazos para validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no SisFies e da validação da inscrição na comissão, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados.

Caso o estudante não compareça à CPSA ou ao agente financeiro (instituição bancária) nos prazos determinados, a inscrição será cancelada. Além de ser responsável pela validação das informações prestadas pelo estudante no ato da inscrição, a comissão também dá início ao processo de aditamento de renovação dos contratos de financiamento a cada semestre.
Programa

O programa oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

O candidato deve ter renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Neste semestre, o governo reduziu o teto do financiamento aos estudantes. O limite mensal do Fies passou de R$ 7 mil para R$ 5 mil. A oferta de vagas do programa dá prioridade aos cursos de engenharias, formação de professores e áreas de saúde.

Além das áreas prioritárias, o programa valoriza os cursos com melhores índices de qualidade em avaliações do Ministério da Educação. Para participar do Fies é preciso ter tirado pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter zerado a redação.