Feriado da Semana Santa encerra sem mortes na BR-163
Fullbanner1



Feriado da Semana Santa encerra sem mortes na BR-163

A Rota do Oeste registrou ainda queda de 58% no número de feridos e redução de 27% nos casos de acidente.

Fonte: Assessoria
SHARE

Nenhuma morte foi registrada nas rodovias BR-163, BR-364 e dos Imigrantes durante o feriado da Semana Santa, de 14 a 20 de abril, e a Concessionária Rota do Oeste identificou ainda queda de 27% nos casos de acidentes e redução de 58% no número de vítimas. Os dados são referentes ao trecho de 850,9 quilômetros sob concessão e são comparados ao balanço do mesmo feriado em 2016.

Em 2017, a Concessionária contabilizou 30 acidentes, que deixaram 15 vítimas. No feriado da Semana Santa do ano passado, foram registrados 41 acidentes, 36 feridos e cinco mortos. Na avaliação do diretor de Operações da Rota do Oeste, Fernando Milléo, os dados demonstram que a rodovia tem se mostrado mais segura, lembrando que isso é reflexo de uma soma de fatores, como o aumento da fiscalização das rodovias por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e uma maior conscientização dos motoristas, por meio das campanhas realizadas.

“Os números são positivos, toda redução de acidentes, feridos e mortes deve ser comemorada e mostra que estamos caminhando para o principal objetivo da Concessionária, que é a segurança na rodovia. E sabemos que temos muito trabalho pela frente”, comenta Milléo.

Outro ponto muito importante é a oferta dos serviços operacionais e atendimentos disponíveis no trecho sob responsabilidade da Rota do Oeste. A BR-163 conta com equipes em todo segmento, prestando serviços que vão desde um amparo em casos de panes de veículos até atendimentos médicos para quem tem algum tipo de indisposição na rodovia.

No último feriado, 43 pessoas receberam socorro médico na rodovia e a Rota do Oeste foi acionada para atender 496 veículos que apresentaram pane na BR-163, registrando um aumento de 39% e 8%, respectivamente, em comparação ao ano passado.

Milléo acredita que o aumento pelos serviços oferecidos pela Concessionária é reflexo de um maior conhecimento dos usuários sobre a oferta dos atendimentos, bem como uma maior confiança nas equipes. “Ao ser atendida na rodovia, seja por um mal-estar, ou por problemas no veículo, a pessoa se expõe menos a riscos e diminui a chance de se envolver em um acidente”, explica.