Felipe Melo se vê ídolo no Verdão e diz ter sofrido ameaças...
Fullbanner1



Felipe Melo se vê ídolo no Verdão e diz ter sofrido ameaças após provocação

Fonte: SporTV.com
SHARE

Uma das grandes contratações do Palmeiras para a temporada, Felipe Melo está fazendo valer o investimento colocado nele. Após já provocar os rivais, o volante marcou seu primeiro gol com a camisa alviverde em vitória sobre o Mirassol por 2 a 0. Em entrevista ao SporTV, após a partida, o volante, ao lado de três filhos revelou que não lembra do gol feito e, apesar de poucos meses com a camisa alviverde, já fala da idolatria no Verdão. Além disso, admitiu que após provocar o Santos, em vitória alviverde no último fim de semana, sofreu ameaças.

– Lembro do Michel cruzando e a bola entrando. Não lembro de como foi feito o movimento. Vou chegar em casa e estará preparado para eu ver para comemorar mais um pouco. O último gol que fiz, também foi de um cruzamento de um brasileiro, do (Alex) Telles, era Inter contra o Chievo, no San Siro, de cabeça e também não lembrava. Não sei é emoção, psicológico, mas o importante que vencemos. jogamos contra um time muito forte, está brigando por classificação. Dou muito méritos a essa vitórias e aos jogadores que estão muito concentrados – afirmou. 

Nas graças da torcida, pela raça e entrega em campo, além das provocações aos rivais, como aconteceu no último fim de semana, Felipe acredita que já está na galeria de ídolos do clube, mas quer confirmar esta posição com títulos.- O ídolo é o que ganha títulos. Dado momento já me considero um ídolo, mas para marcar história vem coroado com títulos. Ídolo acho que já sou. Falta marcar história como já fiz em outros clubes e isso vem com títulos e é isso que estamos buscando aqui. O Palmeiras fez um elenco forte, mas não podemos deixar só no papel, tenho que colocar em prática. Eu e (Fernando) Prass falamos antes contra o Santos e o (Edu) Dracena reforçou agora: é humildade. Não deixar a soberba tomar conta do que estamos fazendo – disse. 

Questionado sobre a repercussão da alfinetada que deu na torcida santista e na Vila Belmiro, o volante reforçou que fez apenas uma brincadeira e que não faltou com respeito com ninguém. Além disso, o camisa 30 revelou que ele e sua esposa sofreram ameaças nas redes sociais.- Eu estava de fora e acompanhei os jogadores do Santos, quando faziam gols, sacaneado o Palmeiras, quando venciam dizia que o Palmeiras estava acostumado a perder e eu não vi torcedor do Palmeiras falando que ia matar, entrando em página social de esposa. Não tenho medo de ameaça. Teve ameaça em rede social e não levo em consideração. Vento que venta de lá, venta daqui. Foi uma brincadeira. À parte da brincadeira, vencemos um time que, inclusive, foi melhor que nós, criou mais. Quando falei da Vila Belmiro…. Fui com o Flamengo lá e não venci. Com o Cruzeiro vencemos e ali sim era caldeirão porque tava cheio, lotado. A Vila é conhecida mundialmente e estava vazia. Não tive falta de respeito com o clube. Respeito o Santos, a torcida, mas não sabe brincar, não desce pro play – completou.