Fabris fala em comprometimento com reeleição de Taques e segura PSD na...
Supermoveis



Fabris fala em comprometimento com reeleição de Taques e segura PSD na base

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Foto - MidiaNews

Mesmo após decisão da maioria dos correligionários de pular do barco governista e a oficialização do seu pedido de renúncia do cargo de vice-governador, Carlos Fávaro (PSD) terá que segurar mais um pouco para iniciar o discurso de independência, como tanto queria, já que o deputado estadual, Gilmar Fabris (PSD), juntamente com o também parlamentar, Ondonir Bortolini, o Nininho (PSD), bem como os outros membros do legislativo filiados a sigla, conseguiram segurar o ímpeto dos “rebeldes” e seguraram no braço de ferro o partido no ninho de Pedro Taques (PSDB).

Um dos mais polêmicos políticos do estado, Fabris publicou uma nota no qual deixou claro o pensamento contrário a decisão recém despachada internamente pelo PSD sobre rescisão política com o atual governador e amenizou a possível briga interna com tom de acordo democrático entre pensamentos antagônicos dentro da agremiação para ser definido em futuro próximo o arco de aliança que buscarão os sociais-democratas, de fato. Gilmar, porém, não hesitou em falar, inclusive em nome dos outros colegas de parlamento, cobre o foco em reeleger Taques, o que não deixa de ser uma afronta inclusive a falas do próprio presidente da sigla. Em sua nota, nos últimos dias, Fávaro deixou claro o sentimento de rompimento total.

A verdade é que ou alguém recua na questão, ou seja, Gilmar, Nininho e cia limitada aceitam rumar para outro agrupamento e projeto de sucessão do Governo do Estado, ou será Fávaro que terá de por o “rabo entre as pernas” e subir no mesmo palanque de Taques. Segundo abordado por todos os veículos do estado, a saída do vice-governador do cargo foi sim para manter a coerência do posicionamento de rescisão total com os tucanos, mas também por não confiar no aviso prévio vindo da chefia do Palácio Paiaguás caso este tivesse de se ausentar nos próximos seis meses. Isto porque, caso ficasse por dois dias que fosse como chefe do Executivo estadual, Fávaro não poderia tocar a frente seu projeto de Senado Federal.

Confira abaixo nota de Fabris:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante das últimas informações a respeito do PSD, o líder do partido na Assembleia Legislativa, deputado estadual Gilmar Fabris, vem a público informar que:

· Na manhã de hoje (6), em um café na residência do deputado Gilmar Fabris, juntamente com o presidente do partido, Carlos Favaro, e os deputados Wagner Ramos, Pedro Satélite e Ondanir Bortolini, o Nininho, após contato com vários vereadores, prefeitos e lideranças, concluíram que o partido vai ter a seguinte pauta:

· O partido buscará espaço para uma vaga ao Senado representada por Carlos Favaro

· Os candidatos a Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados do PSD querem estar no “chapão” que será construído pela coligação.

· Os deputados continuam na base do governo e ajudarão a construir a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB) juntamente com vereadores, prefeitos e lideranças do PSD que são aliados dos parlamentares.

· Serão respeitadas as lideranças dentro do partido que pretendem trabalhar a coligação com algum candidato ao governo do Estado que eventualmente venha a surgir no cenário político.

· No momento correto, o PSD democraticamente decidirá, por maioria do diretório, a coligação que ora atendeu aos seus objetivos.