Ezequiel pedindo para ouvir…
Supermoveis


Macropel

Ezequiel pedindo para ouvir…

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Reprodução

Ezequiel Fonseca (PP-MT), atualmente deputado federal, era deputado estadual quando Silval Barbosa cumpria seu mandato como o maior corrupto já oficialmente conhecido a comandar o Executivo no estado (2010 a 2014), nesta ocasião pelo PMDB. O parlamentar foi um dos gravados recebendo dinheiro, que seria suposta propina, do chefe de gabinete de Silval para apoiar os desmandos do mesmo no legislativo. Com cerca de R$ 50 mil, que queria inicialmente por na meia, Ezequiel decidiu por o montante em uma caixa de papelão e levou os vários maços embora. Desde que os vídeos vieram à tona no Jornal Nacional, o parlamentar andava meio quieto, mas mesta semana tomou coragem e a exemplo do que já havia declarado há muito tempo voltou a classificar como “fracasso”, em entrevista no rádio, o projeto da atual gestão de Pedro Taques (PSDB). Na outra oportunidade, Ezequiel acabou sendo desmentido publicamente pelo senador Blairo Maggi (PP), que garantiu confiança e que o partido estava na base do governo tucano.

Antes de qualquer outro pronunciamento de alguém de sua sigla, Ezequiel disse que o PP abre-se a opinião de todos seus membros e indicou que sua opinião pessoal é para o partido ficar longe de Taques. Para quem conhece o atual governador e sabe que ele não costuma deixar uma dessa passar em branco, é interessante Fonseca já preparar o lombo.

Montreal