Estudo indica recuo de até 18% no custo de produção do trigo
Supermoveis



Estudo indica recuo de até 18% no custo de produção do trigo

Fonte: Por Jornal Comércio de RS
SHARE

A Federação das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Fecoagro-RS), juntamente com a Embrapa Trigo, de Passo Fundo, divulgaram nota técnica apresentando os resultados da pesquisa de alternativas para o trigo. O projeto foi realizado em campos experimentais da Coopibi, em Ibiraiaras; da Coopatrigo, em São Luiz Gonzaga; e da Cotricampo, em Campo Novo, além de uma área da Embrapa em Coxilha. A variação da redução de custos verificada na pesquisa e divulgada no documento ficou entre 8,98% e 18,7%.

A ideia é estimular a diversificação da produção, considerando que, em um ano normal, é produzido um excedente de mais de um milhão de toneladas, o que avilta o preço do trigo no Rio Grande do Sul, causando prejuízos a todos os produtores do cereal. De acordo com o presidente da Fecoagro-RS, Paulo Pires, os resultados do primeiro ano da pesquisa são promissores, e a ideia é dar continuidade à proposta. O objetivo é, no mês de fevereiro, retomar o plano com os pesquisadores da Embrapa em conjunto com os técnicos das cooperativas e discutir a implementação dos próximos passos desta iniciativa. “Depois, vamos debater a viabilidade com as áreas comerciais das cooperativas e buscar a participação de agentes do mercado, sempre olhando a rentabilidade do produtor e a liquidez do produto colhido”, informa.